Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/10009
Registro completo de metadatos
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorFigueiredo, Maria Antonia Zancanaro de
dc.contributor.authorMedeiros, Clarissa Castro Galvão
dc.date.accessioned2017-04-07T12:05:34Z-
dc.date.available2017-04-07T12:05:34Z-
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10923/10009-
dc.description.abstractA síndrome de Sjögren (SS) é uma doença autoimune sistêmica que afeta principalmente mulheres de meia idade, em uma proporção de 9:1 quando comparado aos homens. Embora o processo inflamatório decorrente da SS possa afetar qualquer órgão, os sintomas mais frequentes são o ressecamento ocular e oral devido à infiltração linfocítica nas glândulas exócrinas. A patogênese desta enfermidade ainda não é totalmente compreendida. A SS pode ser classificada como primária (SSp), quando o paciente não apresenta qualquer doença autoimune concomitante ou secundária (SSs), quando associada à outra patologia desta natureza. Os indivíduos afetados tornam-se mais suscetíveis a complicações orais devido à hipossalivação. Este estudo avaliou pacientes com SSp, SSs e indivíduos saudáveis considerando os seguintes aspectos: fluxo salivar não estimulado, padrão de colonização de leveduras na cavidade oral, achados ultrassonográficos nas glândulas salivares e impacto da saúde bucal na qualidade de vida. As informações obtidas foram comparadas entre os grupos experimentais. As pacientes com SS apresentaram diminuição do fluxo salivar quando comparadas aos controles. Foram observadas relações inversas entre a idade e a taxa de fluxo salivar em todos os grupos e entre o tempo decorrido desde o diagnóstico e a taxa de fluxo salivar entre os grupos SSp e SSs. Utilizou-se um meio cromogênico para cultura de leveduras e identificação presuntiva das espécies.A identificação molecular foi realizada através de reação em cadeia da polimerase (PCR), sequenciamento de DNA e análise filogenética, possibilitando a identificação de 11 espécies pertencentes a seis gêneros diferentes. A espécie mais prevalente em todos os grupos foi a Candida albicans, seguida por Candida tropicalis, Candida glabrata, Candida parapsilosis e Candida krusei. A contagem total de unidades formadoras de colônias (UFC/mL), independentemente da espécie, e de Candida albicans foi maior nos pacientes dos grupos SSp e SSs quando comparados ao controle. Observou-se uma relação inversa entre idade e fluxo salivar e entre fluxo salivar e a presença de Candida albicans, Candida tropicalis e Candida glabrata em todos os grupos. Embora os indivíduos saudáveis tenham apresentado uma maior variedade de espécies na cavidade oral, os pacientes com SS demonstraram uma maior contagem de UFC/mL, bem como maior incidência de manifestações clínicas de candidíase. Não foi detectada diferença estatística significativa entre os três grupos quando os escores do questionário OHIP-14 foram comparados. A alteração mais freqüente detectada durante o exame de ultrassom foi a ecogenicidade não-homogênea de pelo menos uma das glândulas parótidas e/ou submandibulares, seguida pela diminuição do tamanho dessas estruturas e pelo aparecimento de múltiplas pequenas áreas ovais hipoecóicas.pt_BR
dc.description.abstractSjögren's syndrome (SS) is a systemic autoimmune disease that affects mostly middle age women in a 9:1 ratio when compared to men. Although SS's inflammatory process can affect any organ, the most frequent symptoms are ocular and oral dryness due to lymphocytic infiltration of exocrine glands. The pathogenesis of this illness is not fully comprehended yet. SS can be classified as primary (pSS), when the patient does not present any concomitant autoimmune disease or secondary (sSS), when it is associated with other pathology of this nature. SS patients are more susceptible to oral complications due to hyposalivation. This study evaluated patients with pSS, sSS and healthy individuals considering the following aspects: non-stimulated salivary flow, colonization pattern of yeast in the oral cavity, salivary glands ultrasonographic findings and impact of oral health on quality of life. The information obtained was compared between the experimental groups. SS patients presented a decreased salivary flow rate when compared to the controls. Inverse relationships between age and salivary flow rate in all groups and between time since SS diagnosis and salivary flow rate among pSS and pSS groups were observed. A chromogenic medium was used for yeast culturing and presumptively identification of the species. Molecular identification performed by polymerase chain reaction (PCR), DNA sequencing and phylogenetic analysis recognized 11 species from six different genera. C. albicans was the most prevalent species in all groups followed by C. tropicalis, C. glabrata, C. parapsilosis and C. krusei.Total CFU/mL and C. albicans counts were higher in the pSS and sSS patients when comparing them to the control group. An inverse relationship between age and salivary flow rate and between salivary flow rate and the occurrence of C. albicans, C. tropicalis and C. glabrata occured in all groups. Although healthy individuals presented a greater variety of species in the oral cavity, SS patients had a higher CFU's count, as well as a higher incidence of clinical manifestations of candidiasis. No statistically significant difference was detected among the three groups when the scores of the questionnaire OHIP-14 were compared. The most frequent alteration detected during ultrasonography examination was inhomogeneous echogenicity of at least one of the parotid and/or submandibular glands followed by decreased gland size and the presence of multiple small oval hypoechoic areas.en_US
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.rightsopenAccessen_US
dc.subjectGLÂNDULAS SALIVARES - DOENÇASpt_BR
dc.subjectSÍNDROME DE SJÖGRENpt_BR
dc.subjectXEROSTOMIApt_BR
dc.subjectMEDICINA BUCALpt_BR
dc.subjectODONTOLOGIApt_BR
dc.titleAvaliação micológica bucal, achados ultrassonográficos de glândulas salivares e teste de qualidade de vida em pacientes com síndrome de Sjögren primária e secundáriapt_BR
dc.typedoctoralThesispt_BR
dc.degree.grantorPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Odontologiapt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Odontologiapt_BR
dc.degree.levelDoutoradopt_BR
dc.degree.date2016pt_BR
dc.publisher.placePorto Alegrept_BR
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000483047-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo5,93 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.