Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/10029
Type: doctoralThesis
Title: Funcionamento executivo em controladores de tráfego aéreo do sul do Brasil
Author(s): Freitas, Ângela Maria de
Advisor: Costa, Jaderson Costa da
Portuguez, Mirna Wetters
Russomano, Thaís
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Issue Date: 2016
Keywords: TRABALHO - ASPECTOS PSICOLÓGICOS
ESGOTAMENTO PROFISSIONAL
TRÁFEGO AÉREO - SERVIÇOS
MEMÓRIA - ASPECTOS PSICOLÓGICOS
NEUROCIÊNCIA
MEDICINA
Abstract: Objetivo: Avaliar funções executivas dos Controladores de Tráfego Aéreo (CTA) relacionando-as com características da atividade profissional, como tempo de serviço, habilitação técnica e turnos de trabalho. Avaliar estresse e sonolência diurna excessiva em CTA, visando identificar os impactos destas variáveis na atividade atencional. Método: Participaram 52 CTA, pertencentes a 3 órgãos de controle de tráfego aéreo (A, B e C). A seleção amostral caracterizou-se como não probabilística com abordagem por conveniência com seleção sequencial. A apresentação dos resultados ocorreu pela estatística descritiva através da distribuição absoluta e relativa (n-%), bem como, pelas medidas de tendência central e de variabilidade com estudo da distribuição de dados pelo teste de Shappiro Wilk. Na comparação entre variáveis qualitativas foram utilizados os testes Qui-quadrado de Pearson (χ2) ou Exato de Fisher. Para as variáveis contínuas, quando a comparação ocorreu entre dois grupos independentes foi aplicado o teste de t-Student ou de Mann Whitney. E na comparação entre três ou mais grupos foi utilizada a Análise de Variância (One way) – Post Hoc Tukey. Instrumentos: Teste Wisconsin de Classificação de Cartas (WCST), Teste de Atenção Difusa-TEDIF III,Teste atenção concentrada –TECON III, Seqüência de Números e Letras-WAIS III, Dígitos-WAIS III, Raciocínio Matricial-WAIS III, Inventário para Sintomas de Estresse para Adultos–(ISSL-Lipp), Escala de Sonolência Epworth (ESE), Questionário Aplicado aos CTA. Resultados: Na avaliação da flexibilidade cognitiva, planejamento estratégico e capacidade de gerar soluções os CTA apresentaram escores acima da média populacional predominando para estas medidas escores com significância estatística no grupo de controladores que tem de 0 a 5 anos de serviço.Nos subtestes Dígitos, Sequência de números e letras e Raciocínio matricial, os CTA apresentaram escores ponderados acima da média significando desempenho eficiente em memória operacional processamento de informação visual e raciocínio abstrato. Na avaliação de atenção concentrada predominou classificação média e média inferior, índices esses dentro da média populacional. Na atenção difusa apresentaram crescimento ascendente entre o número médio de acertos e tempo de execução da tarefa, significando capacidade em manter atenção difusa complexa, eficiente controle das interferências e ausência de prejuízos mediante pressão de tempo. Apenas 16% dos CTA apresentaram Sintomatologia de Estresse (SE), com predomínio de sintomas físicos (62%). Na avaliação da Sonolência Diurna Excessiva (SDE), identificamos significância estatística entre sono e local de trabalho. Os CTA com escores para SDE trabalham em turnos rotativos que incluem período da madrugada. Conclusão: O Funcionamento executivo em CTA não sofre influência dos turnos de trabalho, habilitação técnica ou tempo de serviço. Funcionamento executivo está associado ao desempenho eficiente de recursos cognitivos determinantes como memória, atenção, raciocínio abstrato, planejamento e flexibilidade a mudanças.
Objectives: To evaluate the executive functions of air traffic controllers (ATCO) and relate them to characteristics of professional activity, such as length of service, technical qualification and work shifts. Additionally, to evaluate stress and excessive daytime sleepiness in ATCO, identifying the impact of these variables on attention activity. Methods: Fifty-two ATCO participated, based at 3 air traffic control units (A, B and C). Sample selection adopted a non-probabilistic convenience approach with sequential selection. Results are presented as descriptive statistics using absolute and relative distribution (n-%), as well as by measures of central tendency and variability, with the distribution of data evaluated using the Shapiro–Wilk test. Pearson's chi-squared (χ2) or Fisher's exact test was used to compare between qualitative variables. The Mann-Whitney or Student t test was applied for comparison of continuous variables between two independent groups, and One-way Analysis of Variance with post-hoc Tukey for comparison between three or more groups. Instruments: Wisconsin Card Sorting Test (WCST), Diffuse Attention Test -TEDIF-III, Focused Attention Test -TECON-III, Letter-Number Sequencing -WAIS III, Digit Span -WAIS III, Matrix Reasoning -WAIS III, Lipp Inventory of Stress Symptoms for Adults (ISSL-Lipp), Epworth Sleepiness Scale (ESS) and Questionnaire applied to the ATCO. Results: The ATCO presented mean scores above the population mean for assessment of cognitive flexibility, strategic planning and ability to generate solutions, especially among the group of controllers with 0-5 years of service, whose scores were statistically significant.Considering the Digits, Letter-Number Sequencing and Matrix Reasoning subsets, the ATCO presented weighted scores above the mean, indicating efficient performance in working memory, visual information processing and abstract reasoning. The classification of average and below average prevailed in the focused attention evaluation, with these rates being within the population mean. In the diffuse attention test, they presented an increasing growth between the mean number of correct responses and time of task performance, implying an ability to maintain complex diffuse attention, efficient control of interferences and absence of impairment due to time pressure. Only 16% of the ATCO presented stress symptomatology, with a predominance of physical symptoms (62%). In the evaluation of excessive daytime sleepiness (EDS), statistical significance was identified between sleep and place of work. The ATCO with positive EDS scores worked rotating shifts that included the nighttime period. Conclusion: The executive functioning of ATCO is not influenced by shift work, technical qualification or length of service. Executive functioning is associated with the successful performance of key cognitive resources, such as memory, attention abstract reasoning, planning and flexibility to change.
URI: http://hdl.handle.net/10923/10029
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000483448-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial916,28 kBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.