Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/1049
Tipo: doctoralThesis
Título: Efeitos do laser de baixa potência na incorporação de aloenxerto ósseo triturado
Autor(es): Paes, Jefferson Viapiana
Orientador: Oliveira, Marília Gerhardt de
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Fecha de Publicación: 2012
Palabras clave: ODONTOLOGIA
CIRURGIA BUCOMAXILOFACIAL
LASER - TERAPIA
LASER DE BAIXA INTENSIDADE
CRIOPRESERVAÇÃO
TRANSPLANTE ÓSSEO
Resumen: Objetivo: devido ao aumento da utilização de aloenxertos ósseos nas reabilitações orais avaliou-se o efeito do laser não ablativo no processo de incorporação óssea de aloenxertos triturados. As pesquisas publicadas demonstram que aplicação da laserterapia não ablativa (LLLT) apresenta vantagens no reparo tecidual e no processo de neoformação óssea. Materiais e Métodos: foram utilizados quatro coelhos como doadores do tecido ósseo e realizados aloenxertos e autoenxertos triturados na calvária de 20 coelhos divididos em quatro grupos: dois grupos com LLLT (aloenxerto, autoenxerto e coágulo sanguíneo) e outros dois grupos controle (aloenxerto, autoenxerto e coágulo sanguíneo) sem irradiação. Os animais foram mortos com 35 dias (n=10) e 70 dias (n=10). Os parâmetros de energia empregados foram: aplicação de laser de diodo (AsGaAl), comprimento de onda de 830 nm de 4 J/cm2 em quatro pontos da calota craniana perfazendo um total de 16 J/cm2 por aplicação. A dose total do tratamento após as oito aplicações foi de 128 J/cm2. Resultados: houve um aumento da deposição de fibras colágenas, da remodelação óssea, vascularização e um menor infiltrado inflamatório nos grupos irradiados nos aloenxertos aos 35 dias quando comparado ao grupo controle alógeno. Aos 70 dias houve uma maior deposição de fibras colágenas e maior preenchimento das lacunas osteocíticas e foi observado diferença estatística significante na remodelação óssea e na vascularização quando comparado ao grupo controle alógeno. Os grupos de autoenxerto com LLLT apresentaram maior preenchimento das lacunas osteocíticas, maior deposição de fibras colágenas e maior remodelação óssea aos 35 e 70 dias. Conclusão: Observou-se através da Microscopia Óptica e de MEV um efeito positivo qualitativo e quantitativo da LLLT, acelerando o processo de osteogênese, incorporação e remodelação de aloenxertos e autoenxertos ósseos triturados.
Objective: As the use of bone allografts in oral rehabilitation has increased, this study evaluated the effect of non-ablative laser on bone apposition when ground bone allografts are used. Studies in the literature show that the application of low-level laser therapy (LLLT) promotes tissue repair and new bone formation. Material and Methods: Four rabbits were used as bone donors, and ground bone allografts and autografts were implanted in the skull of 20 rabbits divided into four groups: two LLLT groups (allograft, autograft and blood clot), and two control groups (allograft, autograft and blood clot) that did not receive LLLT. The animals were killed at 35 (n=10) and 70 (n=10) days. Laser parameters were: laser diode application (GaAlAs), wavelength of 830 nm of 4 J/cm2 at four points in the skullcap at a total of 16 J/cm2 per application. Total treatment dose after eight applications was 128 J/cm2. Results: There was an increase in the apposition of collagen fibers, bone remodeling and vascularization, and there was less inflammatory infiltrate in the LLLT groups that received allografts at 35 days than in the allograft control group. At 70 days there was greater collagen fiber apposition, greater density of osteocytes lacunae, and a statistically significant difference in bone remodeling and vascularization when compared with the allograft control group. In the LLT autograft groups, there was also greater density of osteocytes lacunae, greater apposition of collagen fibers and greater bone remodeling at 35 and 70 days. Conclusion: Evaluation under light microscopy and SEM revealed a positive qualitative and quantitative effect of LLLT, which accelerated osteogenesis and the incorporation and remodeling of ground bone allografts and autografts.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1049
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
439672.pdfTexto Completo3,07 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.