Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/1075
Tipo: masterThesis
Título: Análise da resistência ao cisalhamento de reparos em cerâmicas após diferentes tratamentos de superfície
Autor(es): Bettinelli, Juliana Doncatto
Orientador: Hirakata, Luciana Mayumi
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Fecha de Publicación: 2013
Palabras clave: ODONTOLOGIA
RESINAS
RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS (ODONTOLOGIA)
MATERIAIS CERÂMICOS (RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS)
MATERIAIS DENTÁRIOS
Resumen: Com a crescente preocupação na Odontologia com a estética, têm-se desenvolvido vários tipos de sistemas cerâmicos. Contudo, convém lembrar que, apesar das excelentes características estéticas e de biocompatibilidade, a cerâmica é um material friável incapaz de suportar deformação plástica sob tensão. Reparos em resina composta podem evitar a substituição de uma prótese com fratura. O objetivo deste trabalho foi verificar a resistência ao cisalhamento de reparos em cerâmica após diferentes tratamentos. O ácido hidrofluorídrico e o jateamento com óxido de alumínio são comumente usados nos tratamentos de superfície na clínica diária. O laser de baixa potência tem sido utilizado em tratamentos odontológicos visando melhorar o reparo cicatricial nos tecidos, porém este estudo avaliou resultados na irradiação de um laser de baixa intensidade utilizado como tratamento de superfície em cerâmicas. Quarenta discos de cerâmica, divididos em quatro grupos e com ( n=10) foram confeccionados com a cerâmica Noritake EX-3 (Grupos E) e outros quarenta discos, foram confeccionados com o sistema Noritake Cerabien (Grupos C). Os discos de cerâmica foram confeccionados a partir de uma matriz bipartida de politetrafluoretileno (PTFE) e incluídos individualmente no centro de um anel de policloreto de vinila (PVC), utilizando-se resina acrílica autopolimerizável. Os grupos foram divididos aleatoriamente de acordo com o grupo: Grupo E1 e C1: aplicação do laser, Grupo E2 e C2: condicionamento com ácido hidrofluorídrico 10%, Grupo E3 e C3: jateamento com óxido de alumínio, Grupo E4 e C4: asperização com carbeto de silício granulação # 400 (controle). Todos os discos de cerâmica foram padronizados com asperização com carbeto de silício granulação # 400, receberam aplicação de uma camada de agente união para cerâmica (Silano, Dentsply, Petrópolis, RJ, Brasil) e uma camada de adesivo (Single Bond 2 – Adhesive, 3M ESPE, St. Paul, MN, EUA). No centro do disco de cerâmica, foi confeccionado um bloco em resina composta microhíbrida (Charisma, Heraeus kulzer, Hanau, Alemanha). Cada grupo foi mantido a 100% de umidade a 37ºC por uma e quatro semanas na estufa para cultura. Para os ensaios de resistência ao cisalhamento foi utilizada a Máquina de Ensaio Universal modelo DL 2000 (EMIC, São José dos Pinhais, PR, Brasil). Os dados obtidos foram analisados estatisticamente com auxilio do SPSS 17.0 e análise de variância com medidas repetidas seguida do teste de Bonferroni. O jateamento com óxido de alumínio apresentou os maiores valores à resistência ao cisalhamento na interface entre a resina composta e a cerâmica EX3; e o mesmo ocorreu na cerâmica Cerabien; porém a cerâmica EX3 com o tempo de armazenagem de 1 semana e a cerâmica Cerabien com o tempo de armazenagem de 4 semanas. O jateamento com óxido de alumínio foi o tratamento superficial que apresentou melhores resultados nos dois tipos de cerâmicas de cobertura pesquisadas. O tempo de armazenagem de 4 semanas não teve influência significativa neste estudo.
With growing concern with aesthetics in dentistry, have developed various types of ceramic systems. However, remember that, despite the excellent aesthetic characteristics and biocompatibility of the ceramic material is friable unable to withstand plastic deformation under stress. Repairs composite resin can prevent the replacement of a prosthetic fracture. The aim of this study was to determine the shear strength of ceramic repairs after different treatments. The low level laser has been used in dental treatments aiming at improving the cicatricial repair tissue, however this study evaluated results in irradiation of a low intensity laser surface treatment as used in ceramics. The hydrofluoric acid and blasting with aluminum oxide are commonly used in surface treatments in clinical daily. Forty ceramic discs were divided into four groups and with (n = 10) were prepared with the ceramic Noritake EX-3 (Groups E) and another forty discs, were made with the system Noritake Cerabien (Group C). The ceramic discs were fabricated from a metallic mold polytetrafluoroethylene (PTFE) and included individually at the center of a ring of polyvinyl chloride (PVC), using acrylic resin. The groups were divided according to the group: Group E1 and C1: laser application, Grupo E2 and C2: etching with hydrofluoric acid 10%, Group E3 and C3: blasting with aluminum oxide, Group E4 and C4: roughened with carbide silicon grit # 400 (control). All ceramic discs were standardized with roughened with silicon carbide grit # 400, received application of a layer of union agent for ceramics (Silano, Dentsply, Petrópolis, RJ, Brazil) and a layer of adhesive (Single Bond 2 - Adhesive, 3M ESPE, St. Paul, MN, USA). In the center of the disk ceramic block was manufactured in composite microhybrid (Charisma, Heraeus Kulzer, Hanau, Germany). Each group was maintained at 100% humidity at 37 ° C for one to four weeks in an oven to culture. For tests on shear was used Universal Testing Machine Model DL 2000 (EMIC, São José dos Pinhais, PR, Brazil). Data were statistically analyzed with the aid of SPSS 17.0 and analysis of variance with repeated measures followed by the Bonferroni test. The blasting with aluminum oxide showed the highest resistance to shear at the interface between the composite and ceramic EX3, and the same occurred in Cerabien pottery, but pottery EX3 with the storage time of 1 week and ceramic Cerabien with time storage of 4 weeks. The blasting with aluminum oxide surface treatment that was presented better results in both types of ceramics coverage surveyed. The storage time of 4weeks had no significant influence in this study.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1075
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
446575.pdfTexto Completo1,67 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.