Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/10782
Tipo: masterThesis
Título: Desafios e impasses na experiência de cuidado diante de singulares urgências e emergências
Autor(es): Altenbernd, Bibiana
Orientador: Macedo, Mônica Medeiros Kother
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Fecha de Publicación: 2017
Palabras clave: CUIDADOS DE ENFERMAGEM
TRABALHADORES - SAÚDE
PSICANÁLISE
PSICOLOGIA CLÍNICA
Resumen: Nas profissões destinadas ao exercício do cuidado, a subjetividade do profissional pode estar especialmente voltada às demandas do outro, como ocorre no contexto hospitalar de urgência e emergência. Nesta Dissertação, objetiva-se a compreensão acerca da experiência de enfermeiros neste cenário laboral marcado por complexos tensionamentos entre as condições de trabalho oferecidas ao profissional e o que é demandado do sujeito para a adequada efetivação do cuidado às urgências e emergências do outro. Para tanto, este estudo é composto por duas Seções. Na Seção Teórica, contempla-se a discussão sobre a experiência de cuidado realizada neste contexto marcado pela precariedade das condições de trabalho e por exigências próprias para o pronto acolhimento das necessidades de urgência e emergência da população. A Psicanálise oferece os alicerces teóricos para a problematização do cuidado voltado ao cuidador, ao articular as imprescindíveis condições subjetivas e psíquicas presentes no cenário laboral e aspectos inerentes ao exercício do cuidado, os quais extrapolam as aptidões técnicas. Para corresponder às demandas de assistência a população, sobre os enfermeiros incidem as exigências de constante prontidão no trabalho e o desempenho rigoroso de sua expertise técnica. Dentre os entraves que caracterizam este ambiente de trabalho, ressalta-se a precariedade das condições laborais e as dificuldades advindas de sua complexidade estrutural. Para a oferta de cuidado nessas circunstâncias, a experiência laboral extrapola o preparo exclusivamente técnico e o restrito foco no cumprimento das prescrições. Nesta perspectiva, é imprescindível o profissional cuidar-se e aceitar ser cuidado para dar conta de suas atribuições e oferecer a outro um cuidado genuíno, livre de excessos e imposições.Na Seção Empírica, constatam-se as diversas modalidades de ritmos laborais que compõem a experiência de cuidado e a rotina dos enfermeiros que trabalham nos setores de urgência e emergência em um hospital do Rio Grande do Sul. Por meio do Método Análise Interpretativa, são analisadas as narrativas de oito participantes entrevistados. A partir dos dados obtidos nas entrevistas, destaca-se a relevância da implicação institucional para a valorização do trabalho e para o reconhecimento da pertinência do cuidado voltado ao cuidador. A realização deste estudo, tendo como aporte os fundamentos da teoria psicanalítica a respeito de fatores que envolvem a prática do cuidado, propiciou o aprofundamento da compreensão de aspectos implicados na experiência do trabalho de cuidado voltado às urgências e emergências do outro. Tendo em vista que a subjetividade do profissional é convocada a resolver os impasses do trabalho, quando a ação prescrita é insuficiente, os recursos próprios do sujeito entram em cena e permitem a efetivação do cuidado a partir de soluções criativas e sensíveis à demanda do outro. Para tanto, é essencial que o sofrimento do profissional seja legitimado, assim como o seu trabalho seja valorizado e reconhecido. Conclui-se, assim, ser imprescindível a oferta de espaços de reflexão no ambiente laboral a fim de que ocorra o acolhimento à singularidade do profissional, decorrendo deste processo a efetiva implementação de condições implícitas à mutualidade de cuidado.
In the professions intended to care exercise, the worker’s subjectivity can be specially driven to other’s demand, as it happens in the urgency and emergency hospital context. This Dissertation aims to comprehend the nurse’s experience in this labor scenario, wich is marked by complex tensioning between the work conditions offered to the professional and what is demanded to the subject to an appropriate realization of the urgency and emergency care to the other. For this purpose, this study is formed by two Sections. The Theoretical Section includes the discussion about the care experience done in this context characterized by the precarious work conditions and marked by particular requirements of the ready reception of the population’s urgency and emergency necessities. Psychoanalysis offers the theoretical foundations to problematize the care to the caregiver, as it articulates the indispensable subjective and psychic conditions present in the work scenario and inherent aspects to the care exercise, which extrapolate the technic skills. To correspond the population´s assistance demands, the constantly request of readiness in work and a strict performance of their technical expertise concern to the nurses. Among the obstacles which characterize this work context, the precarious work condition and the difficulties of its structural complexity are highlighted. To offer care in this circumstances, the work experience extrapolates the exclusive technical preparation and restrict to the focus of prescriptions compliance. Within this perspective, it is crucial that the professional take care of himself and accept being cared to handle his attributions and can offer to another one a genuine care, free of excess and impositions.In the Empirical Section, many ways of work rhythms that make the care experience and the routine of nurses who work in urgency and emergency sectors of a hospital in Rio Grande do Sul are noted. By the Interpretative Analysis Method, the narratives of eight participants who had been interviewed are analyzed. From the obtained data in the interviews, it is highlighted the relevance of the institutional implication to work appreciation and to the recognition of the pertinence of taking care of the caregiver. The accomplishment of this study, having the contribution of the foundations of psychoanalytical theory concerning the facts that embrace the care practice, has provided further comprehension to aspects involved in care experience work directed to other’s urgency and emergency. Taking in consideration that the workers subjectivity is requested to solve the work impasses, when the prescribed action is not enough, the resources of the own subject appears and allow the care realization from creative and sensible solutions to other’s demand. For this purpose, it is essential that the professional suffer can be legitimated, as well as his work appreciated and noted. Therefore, it is indispensable an offer of reflexion spaces in work context in order to host the worker singularity, taking place, from this process, the effective implementation of implicit conditions to mutual care.
URI: http://hdl.handle.net/10923/10782
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000485087-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial80,37 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.