Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/10793
Tipo: doctoralThesis
Título: "Toda alma que se eleva, eleva o mundo": o discurso do periodismo católico dirigido às mulheres em Portugal : 1934-1969
Autor(es): Oliveira, Daniela Adriana Garces de
Orientador: Fay, Cláudia Musa
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em História
Data de Publicação: 2017
Palavras-chave: FEMINISMO
MULHERES
IMPRENSA
HISTÓRIA
Resumo: A investigação, desenvolvida no campo dos estudos de gênero e da história das mulheres, consiste na análise das concepções de feminino que permearam os periódicos católicos em boa parte do Século XX, em Portugal. Os jornais ou revistas católicas, destinados às mulheres, atuavam com função pedagógica na educação das raparigas e na criação do sujeito Mulher-MÃE. Esse imaginário irá sendo construído por uma elite feminina católica letrada, preocupada em escrever sobre os ideais femininos a seguir. Tal grupo estava intimamente articulado com a política de enquadramento feminino no Estado Novo. É imperativo saber que as mulheres católicas não eram um grupo homogêneo, porém o presente trabalho detevese apenas nos textos propalados, com o objetivo de que o feminino admitisse sua natureza doméstica e dócil. A pesquisa tem por objetivo, verificar a influência do pensamento e do discurso dessas mulheres católicas que publicavam sobre outras mulheres, mostrando as tensões, resistências e negociações de um discurso colonizado e as suas reflexões que eram construídas na imprensa. No que diz respeito às fontes, além da bibliografia sobre o tema, utiliza-se os discursos dos Jornais Novidades, da Revista Alleluia e da Revista Stella: a revista da mulher católica, ambas revistas católicas, destinadas ao público feminino. Também visitou-se o acervo pessoal de Maria de Lourdes Pintasilgo, uma das principais expoentes do catolicismo feminino. Com base nesse corpus documental é possível delimitar o enquadramento feminino, observando as tensões sobre o oposto do ideal e o seu combate. Do ponto de vista teórico, foram utilizadas as obras de diversos autores, que tiveram o gênero como principal categoria de análise.
URI: http://hdl.handle.net/10923/10793
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000485096-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,83 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.