Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/1099
Registro completo de metadatos
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorFigueiredo, José Antonio Poli de-
dc.contributor.authorSouza, Matheus Albino-
dc.date.accessioned2013-07-29T12:06:22Z-
dc.date.available2013-07-29T12:06:22Z-
dc.date.issued2013-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10923/1099-
dc.description.abstractO propósito da presente Tese foi analisar, in vitro, a ação antimicrobiana e a substantividade de diferentes formulações de clorexidina comumente utilizadas durante o tratamento endodôntico. Para o presente estudo foram utilizados 85 dentes bovinos e 45 dentes humanos extraídos para o experimento de ação antimicrobiana e substantividade respectivamente. Os 85 dentes bovinos foram inoculados com Enterococcus faecalis, permanecendo em cultura por 30 dias para a formação do biofilme. Os dentes foram divididos em dez grupos de acordo com a presença de penetração desinfetante, medicação intracanal utilizada e o local de colocação desta medicação. Teste microbiológico (contagem de UFCs) e microscopia eletrônica de varredura (MEV) foram realizados para avaliar e ilustrar respectivamente a eficácia dos tratamentos propostos. Os 45 dentes humanos foram divididos em três grupos de acordo com a substância química auxiliar utilizada no preparo do canal radicular. Os canais radiculares foram preparados apicalmente até o instrumento #45. Sulcos longitudinais foram confeccionados na superfície das raízes, proporcionando duas metades de cada raíz e resultando em 30 amostras por grupo. As amostras de cada grupo foram aleatoriamente divididas em três subgrupos e a substantividade foi avaliada após 24 horas, 30 dias e 90 dias de incubação. A quantidade de clorexidina (em μM) foi mensurada através de cromatografia de fase-reversa de alta performance. Análise estatística foi realizada através de ANOVA, seguido pelo post-hoc de Tukey (α = 0.05) em ambos experimentos. Diante da limitação dos estudos da presente tese, foi possível concluir que as formulações de clorexidina, líquida e gel, são efetivas medicações intracanais no que diz respeito ao combate ao Enterococcus faecalis, quando associadas à prévia penetração desinfetante com hipoclorito de sódio 2%. Além disso, foi possível concluir que as formulações de clorexidina, líquida e gel, permanecem retidas no interior do canal radicular por até 90 dias após a realização do preparo químico-mecânico com estas substâncias.en_US
dc.description.abstractThe purpose of this thesis was to evaluate, in vitro, antimicrobial activity and substantivity of chlorhexidine formulations which are used during root canal therapy. Eighty five bovine teeth and forty five human teeth were extracted for antimicrobial and substantivity experiments respectively. The eighty five bovine teeth were inoculated with Enterococcus faecalis in order to provide biofilm formation. The teeth were divided into ten groups according to disinfectant penetration, intracanal dressing and medication placement site. Microbiological test (UFCs counting) and scanning electronic microscopy (SEM) were performed to evaluate and illustrate the efficacy of proposed treatments respectively. The forty five human teeth were divided into three groups according to chemical auxiliary substance used during root canal therapy. The root canals were prepared up to #45 file. Longitudinal grooves were made in the root surface, providing two halves of each root and resulting in thirty samples per group. The samples of each group were randomly divided into three subgroups and substantivity was evaluated after 24 hours, 30 days and 90 days of incubation. The amount of CHX (in μM) was measured through reverse-phase high-performance liquid chromatography. Statistical analysis was performed by analysis of variance and the Tukey test for post hoc comparisons (α = 0.05) in both experiments. According to limitation of experiments from this thesis, it was possible to conclude that chlorhexidine formulations, liquid and gel, can be considered effectives as intracanal dressing against Enterococcus faecalis, when associated to previous disinfectant penetration with 2% sodium hypochlorite. Furthermore, it was possible to conclude that chlorhexidine formulations, liquid and gel, remained into the root canal up to 90 days after chemo-mechanical preparation.en_US
dc.language.isopt_BRen_US
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.subjectODONTOLOGIAen_US
dc.subjectENDODONTIAen_US
dc.subjectCLOREXIDINAen_US
dc.titleAnálise da ação antimicrobiana e da substantividade de diferentes formulações de clorexidina comumente utilizadas durante o tratamento endodônticoen_US
dc.typedoctoralThesispt_BR
dc.degree.grantorPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulen_US
dc.degree.departmentFaculdade de Odontologiaen_US
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Odontologiaen_US
dc.degree.localPorto Alegreen_US
dc.degree.leveldoutoradoen_US
dc.degree.date2013-03-05-
dc.publisher.placePorto Alegrept_BR
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
449686.pdfTexto Completo1,28 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.