Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/11034
Tipo: masterThesis
Título: Alçamento da vogal média pré-tônica sem motivação aparente em Porto Alegre-RS: léxico e variação
Autor(es): Rios, Jéssica Pastoriza Del
Orientador: Brescancini, Cláudia Regina
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Letras
Fecha de Publicación: 2017
Palabras clave: PORTUGUÊS - VOGAIS
LINGUÍSTICA
Resumen: Este estudo busca analisar o processo variável de alçamento de vogais médias pré-tônicas na fala de porto-alegrenses. Foram consideradas três amostras de fala, pertencentes ao banco de dados VARSUL, coletadas entre 1988 e 2009, compostas por adultos, homens e mulheres, com níveis de escolarização entre fundamental e superior. A partir de 6.468 ocorrências para vogal /o/ e de 7.190 para vogal /e/, notou-se que a vogal média posterior tende a sofrer mais o processo em estudo do que a vogal média anterior apesar das taxas de uso serem baixas para ambas as vogais nas três amostras analisadas. A diferença entre épocas de coleta das amostras indicou que o alçamento sem motivação aparente demonstra regredir na comunidade de fala em estudo. Com o auxílio da ferramenta Rbrul, os resultados estatísticos indicaram que o processo em análise tem maior ocorrência concentrada em poucos itens lexicais que compartilham, para a vogal /o/, dos contextos de vogal alvo nasalada, segmentos velares e labiais na posição precedente e nasal na posição seguinte, e para a vogal /e/, dos contextos de início de vocábulo, segmentos africados e coronais mais anteriores na posição precedente e velares ou nasal palatal na posição seguinte, corroborando assim o apontado em trabalhos anteriores (KLUNCK, 2007 e CRUZ, 2010). A investigação a respeito da frequência na língua portuguesa (realizada nos corpora Corpus Brasileiro e ASPA) dos vocábulos que compõem a amostra indicou que os vocábulos mais frequentes apresentaram SMA foneticamente motivado, resultado que vai ao encontro da hipótese da Frequência- Implementação de Phillips (2001).
This study aims at analyzing the conditioning of application of the raising of pretonic midvowels in porto-alegrense speech. Three samples of speech from VARSUL database were considered, they were collected between 1988 and 2009, compounded by adults, men and women with school level between elementary and college degree. From 6.468 tokens of vowel /o/ and 7.190 tokens of vowel /e/, it was noticed that back mid-vowel undergoes more to the studied process than front mid-vowel, although both vowels present low rates of applying the raising. The time difference between collecting the samples pointed to the regression of using the raising in the researched community. By the use of the tool Rbrul, the statistical results show that the raising in analysis is frequently focused in few lexical itens which share, to vowel /o/ the contexts of nasalized vowel, velar and labial consonants in the precedent position and nasal consonants in the following position and to vowel /e/, the contexts of beginning of word, affricate and front coronal consonants in the precedent position and velar and palatal in the following position. These results confirm those found in previous works (KLUNCK, 2007 and CRUZ, 2010). The investigation concerning frequency in Portuguese language (consulted in corpora Corpus Brasileiro e ASPA) of words from these samples indicated that more frequent words present more SMA (raising) phonetically motivated, which is in agreement with the hypothesis of Frequency-Implementation (PHILLIPS, 2001).
URI: http://hdl.handle.net/10923/11034
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000487426-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo3,54 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.