Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/1155
Tipo: masterThesis
Título: Análise de mudança de desempenho decorrente da inserção de empresas em redes de cooperação: estudo de caso da Agafarma
Autor(es): Roman, Odorico Orestes Ramos
Orientador: Becker, Grace Vieira
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Administração e Negócios
Data de Publicação: 2007
Palavras-chave: ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS
ALIANÇAS ESTRATÉGICAS (ADMINISTRAÇÃO)
AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO
VAREJO - ESTRATÉGIAS
Resumo: As exigências do mercado levam as empresas a buscarem, permanentemente, caminhos que lhes possibilitem aumentar a sua competitividade. Os arranjos de micro, pequenas e, por vezes, médias empresas em redes surgiram como uma alternativa bastante efetiva para auxiliá-las a fazer frente àquelas exigências. As alianças inter-organizacionais, em suas diversas facetas, ganharam dinamicidade nos últimos anos, podendo ser encontradas em quase todas as áreas de negócios, seja no campo da indústria, do comércio ou dos serviços. A avaliação do desempenho de empresas atuando em redes de cooperação é um campo de estudos relativamente novo, sendo derivado do crescente avanço dessa forma de arranjo interorganizacional. O objetivo desta pesquisa é investigar as diferenças de desempenho percebidas por empresários do ramo do comércio varejista de produtos farmacêuticos em seus negócios, decorrentes da participação em rede de cooperação. A partir de pesquisa bibliográfica e de doze entrevistas com pessoas experientes do ramo, foram identificados dezessete fatores importantes para as empresas que atuam no comércio varejista de produtos farmacêuticos. Na seqüência, através de uma survey auto-administrada com os associados da Rede, promoveu-se o ranqueamento dos fatores em três grupos: Fatores Críticos de Sucesso, Fatores de Nível 2 e Fatores de Nível 3.Concomitantemente, mediu-se a percepção de mudança de desempenho obtida pelas unidades com o ingresso da Rede, testando se existiam diferenças de impacto dos efeitos da adesão sobre estratos da amostra como: tempo de rede e distância da sede. O estudo verificou, também, se ocorrem impactos diferenciados sobre blocos de fatores classificados de acordo com as perspectivas do Balanced Scorecard (BSC). Por fim, o trabalho propõe um modelo de análise da efetividade da rede. Os principais resultados foram: ordenação por importância atribuída dos fatores relevantes para o setor de varejo farmacêutico; percepção de melhoria, em diferentes amplitudes, em todos os fatores estudados; constatação de que o tempo de rede e a distância da sede influenciam a percepção de desempenho para alguns fatores; verificação de que não há desequilíbrio nas alterações de desempenho quando os fatores são testados agrupados de acordo com as quatro perspectivas do BSC; aplicação do modelo proposto, com o cálculo da efetividade da rede para o conjunto dos fatores pesquisados.
The demands of the market lead companies to a permanent search for new business trends to make it possible to increase their levels of competitiveness. The arrangement of small and, many times, medium-sized firms into networks appeared as a very effective alternative to help them to face those demands. The inter-organizational alliances, in its different aspects, have been in expansion in the last few years, and can be found in almost all business areas, either in the industrial, commerce or services field. The evaluation of performance of those companies, acting in cooperation networks, is a relatively new field of studies, and it is derived from the increasing advance of this kind of inter-organizational arrangement. This research intents to investigate the differences of performance observed by businessmen from the pharmaceutical retail commerce branch in their stores, after becoming members of a cooperation network of small drugstores. Starting with a bibliographical research and 12 personal interviews with experienced professionals from that branch of activity, 17 factors of success for pharmaceutical retail commerce small firms were identified. After that, through an intranet self-administered survey directed to network members, those factors were ranked and classified into three groups: Critical Success Factors, Level 2 factors and Level 3 factors.At the same time, there was a measurement of perception of performance change obtained by the units after becoming network members. The effects caused by time as a network member and distance from the head office over sample strata were also considered. This study also verified if there were distinct impacts over groups of factors classified according to the Balanced Scorecard perspectives (BSC). Finally, this work proposes a model for analyzing the effectiveness of the network. The main results achieved were: the factors that are relevant to the pharmaceutical retail commerce segment were ordered according to the importance attributed by the network members; a perception of improvement was detected, in different amplitudes, for all studied factors; time as a network member and distance from the head office have influence in the perception of performance for some factors; the tests do not show imbalance in the changes of performance, caused by the affiliation in the network, in the 4 BSC perspectives; the proposed model was applied and the effectiveness of the network was calculated for the group of studied factors.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1155
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000395903-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,56 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.