Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/11784
Tipo: masterThesis
Título: Fascismo à brasileira: juventude e imprensa como instrumentos de doutrinação da ação integralista brasileira (1932-1937)
Autor(es): Santorum, Andrelise Gauterio
Orientador: Gonçalves, Leandro Pereira
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em História
Data de Publicação: 2018
Palavras-chave: INTEGRALISMO - BRASIL
FASCISMO - BRASIL
IMPRENSA - BRASIL - HISTÓRIA
JUVENTUDE - ASPECTOS POLÍTICOS
BRASIL - HISTÓRIA POLÍTICA
Resumo: Objetivando a doutrinação das massas para a posterior atração de um número cada vez maior de adeptos as suas fileiras, a Ação Integralista Brasileira (AIB) organizou uma série de mecanismos que, ao serem analisados, contribuem significativamente para a compreensão da natureza orgânica do movimento de caráter fascista. A presente pesquisa, apoiando-se na imprensa periódica enquanto fonte central de análise, tem a pretensão de investigar um dos específicos segmentos do movimento: a Juventude. Busca compreender sua organização enquanto mais um dos instrumentos de doutrinação do partido que visava, a um só tempo, instituir a juventude integralista, mas também formar os futuros quadros do movimento. Para tanto, à luz da cultura política enquanto referencial teórico para a compreensão de tal abordagem, tem-se como perspectiva a realização de uma análise qualitativa abordando de que forma era feita a instrumentalização deste segmento. O presente estudo pretende analisar o discurso veiculado pela imprensa oficialmente ligada ao integralismo a fim de demonstrar os principais mecanismos utilizados pelo movimento em prol da mobilização da categoria juvenil. Optou-se pela análise de quatro periódicos de grande expressão para o movimento: Os jornais A Offensiva e Monitor Integralista, e as revistas Anauê! e Brasil Feminino; além de uma série de documentos que definiram questões importantes sobre a temática da juventude no movimento. Em relação aos aspectos mais conceituais, a investigação propõe uma reflexão pautada na sociologia da juventude que caracteriza este segmento enquanto uma categoria social que ultrapassa um critério etário sendo definida de acordo com uma série de símbolos e representações ressignificados ao longo da história. Tal concepção de juventude auxilia na compreensão do processo de fascistização da juventude sob uma perspectiva mais ampla.
For the purpose of mass indoctrination and gaining followers and supporters, the Ação Integralista Brasileira (AIB) engendered a set of control mechanisms. By the analisys of these mechanisms, it is possible to underestand the organic nature of the fascist movement in Brazil. This reaserch aims to investigate youth as one of the specific segments of the fascist movement, based on the periodic press. It seeks to underestand how the organization of the youngsters was used as an indoctrination instrument by AIB, with the objective of founding the Integralist Youth and, at the same time, molding the future followers of the movement. In order to do so, this dissertation presents a qualitative analisys by sampling, revealing how youth instrumentalization was done. The theoretical reference selected to support this analisys was the political culture. This reaserch intends to examine the discourse delivered by the official Integralist written press, in order to expose the mobilization mechanisms, used by the movement to engage young people. The investigation will explore four periodicals of great expression for the movement: the newspapers A Offensiva and Monitor Integralista and the magazines Anauê! and Brasil Feminino. In addition, a series of documents tha marked out important issues about youth in the movement were also examined. Regarding to conceptual aspects, the research proposes a reflection based on the youth sociology: youth is defined beyond age range, but based in symbols and representations, which are redefined throughout history. It provides a broader perspective to comprehend the youth engagement in the fascism lines.
URI: http://hdl.handle.net/10923/11784
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000489069-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,81 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.