Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/11826
Tipo: doctoralThesis
Título: Diagnosticidade da marca da loja frente à confusão do consumidor associada ao cenário multimídia e multicanal
Autor(es): Broilo, Patricia Liebesny
Orientador: Espartel, Lélis Balestrin
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Administração
Data de Publicação: 2018
Palavras-chave: COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR
MARKETING
ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS
Resumo: A crescente oferta de produtos e serviços através de múltiplos canais de distribuição e meios de comunicação caracteriza o cenário multimídia e multicanal. Nesta pesquisa buscou-se aprofundar a compreensão da confusão do consumidor associada a esse cenário, atentando para a tendência de os consumidores escolherem de maneira conjunta o quê e onde comprar. Especificamente, baseando-se na teoria da diagnosticidade de sinalizadores, formulou-se a tese de que, para superar a confusão visando uma decisão de compra, o consumidor tende a se apoiar na marca da loja, revelando alta diagnosticidade desse sinalizador nos processos decisórios de consumo da atualidade. Diante desse postulado, realizou-se uma sequência de três estudos experimentais junto a consumidores recrutados via Mechanical Turk, para testar seis hipóteses. Como resultado, no primeiro estudo verificou-se efeito negativo da confusão sobre a intenção de compra, bem como mediação desse efeito pela antecipação de arrependimento; no segundo estudo, verificou-se que o efeito direto da confusão sobre a intenção de compra, bem como o efeito indireto desta relação através da antecipação de arrependimento, é moderado pela reputação da marca da loja; no terceiro estudo, verificou-se que o mesmo ocorre ao se tratar da marca da loja de um fabricante.Entre as contribuições desta pesquisa, destaca-se: a proposição de uma definição abrangente da confusão do consumidor associada ao cenário multimídia e multicanal; a evidência de que a confusão impacta a tomada de decisão em uma situação de compra; a abordagem da antecipação de arrependimento como mecanismo explicativo desse efeito; a observação de que, sob a perspectiva do consumidor, uma loja pode ser considerada por sua marca ao se tratar de uma empresa varejista, bem como tratando-se de um fabricante operando com vendas diretas; e o achado de que a reputação da marca da loja é capaz de atenuar o efeito negativo da confusão sobre a intenção de compra, denotando alta diagnosticidade da marca da loja frente à confusão do consumidor. Implicações nos âmbitos acadêmico e gerencial são apresentadas ao final desse documento, junto a oportunidades para pesquisas futuras.
The increasing offer of products and services through multiple distribution channels and communication media characterizes the multimedia and multichannel scenario. This research aimed to deepen the understanding of consumer confusion associated with this scenario, considering that consumers tend to choose what and where to buy jointly. Specifically, based on the cue-diagnosticity theory, a thesis has been proposed that to overcome confusion and make a purchase decision, consumers tend to rely on the store brand revealing high diagnosticity of this cue in nowadays' scenario. Based on this proposition, a series of three experiments were carried on with consumers recruited through Mechanical Turk, to test six hypotheses. As a result, the first study demonstrated a negative effect of confusion on purchase intention, and a mediation of this effect by regret anticipation; the second study revealed the direct effect of confusion on purchase intention, as well as the indirect effect through regret anticipation, as being moderated by store brand reputation; the third study revealed that the same effects are observed when referring to a manufacturer's store brand.Among the contributions of this research, the following can be highlighted: a broad definition of consumer confusion associated with the multimedia and multichannel scenario; evidence that confusion impacts decision making during a buying experience; regret anticipation addressed as a mechanism that explains this effect; identification that consumers tend to consider the store brand reputation when it refers to a retailer as well as when it refers to a manufacturer selling directly to consumers; and the finding that store brand reputation can decrease the negative effect of confusion on purchase intention, revealing high diagnosticity of the store brand in light of consumer confusion. Academic and managerial implications are presented at the end of this report, along with opportunities for future research.
URI: http://hdl.handle.net/10923/11826
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000489100-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,51 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.