Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/11827
Tipo: doctoralThesis
Título: A Real Fábrica das Sedas de Lisboa: administração, política econômica e comércio no Atlântico Sul (1734-1777)
Autor(es): Luz, Alex Faverzani da
Orientador: Martins, Luis Carlos dos Passos
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em História
Data de Publicação: 2018
Palavras-chave: PORTUGAL - HISTÓRIA ECONÔMICA
PORTUGAL - HISTÓRIA POLÍTICA
PORTUGAL - HISTÓRIA - SÉCULO XVIII
Resumo: A presente tese se concentra no campo da história econômica e administrativa portuguesa do século XVIII. Refere-se, essencialmente, ao estudo da condução da política econômica manufatureira de Portugal, neste caso, devidamente delimitado através da atuação da Real Fábrica das Sedas, a qual emerge em 1734 por intermédio da iniciativa privada. Desse modo, propõe-se como ponto de partida o reinado de Dom João V, na perspectiva de reconstituir o percurso histórico da referida fábrica, bem como as etapas de sua constituição, de sua administração por meio da gestão privada e dos principais eventos que impactaram em sua trajetória econômica. Esta etapa, por sua vez, estende-se até 1750, momento em que o Estado dinástico português assume o controle financeiro e administrativo do estabelecimento. Nesta altura, inaugura-se o reinado de Dom José I e, por conseguinte, o ingresso de Sebastião José de Carvalho e Melo, o futuro Marquês de Pombal, na pasta ministerial dos Negócios do Reino. A partir de então se estabelece uma relação intrínseca entre o reinado josefino, a governação pombalina e a política manufatureira em Portugal. É, portanto, dentro desse contexto que se pretende situar a abordagem, ou seja, partindo-se do estudo do fomento manufatureiro, nomeadamente através da Real Fábrica das Sedas. Esta fase contempla a análise da gestão pública da referida manufatura que, por intermédio de seus mecanismos administrativos, políticos e econômicos, possibilitam-nos a evidenciar o seu papel como “elemento-chave” na configuração do sistema manufatureiro português durante a regência de Dom José I.Outrossim, a pesquisa almeja retratar o cenário que envolveu a dinâmica mercantil entre Portugal e Brasil, precisamente por meio das relações de comércio impulsionadas pela produção têxtil da mencionada fábrica que, por sua vez, propiciou um entrelaçamento comercial por distintos canais de escoamento.
This thesis focuses on the field of Portuguese economic and administrative history of the eighteenth century. It refers essentially to the study of the conduct of Portugal's manufacturing economic policy, in this case, duly delimited through the performance of the Real Fábrica das Sedas, which emerged in 1734 through private initiative. In this way, the starting point is the reign of Dom João V, with a view to reconstituting the history of this factory, as well as the stages of its constitution, its administration through private management and the main events that have impacted in its economic trajectory. This stage, in turn, extends until 1750, when the Portuguese State assumes the financial and administrative control of the establishment. At this point, the reign of Dom José I was inaugurated and, consequently, the entry of Sebastião José de Carvalho and Melo, the future Marquis of Pombal, into the ministerial portfolio of the Kingdom Business. From then on, an intrinsic relationship was established between the Josephian reign, the Pombaline government and the manufacturing policy in Portugal. It is therefore within this context that we intend to situate the approach, that is, starting from the study of the promotion of manufacturing, namely through the Royal Silk Factory. This phase contemplates the analysis of the public management of this manufacturing that, through its administrative, political and economic mechanisms, enables us to highlight its role as a "key element" in the configuration of the Portuguese manufacturing system during the regency of Dom José I. The research also aims to portray the scenario that involved the mercantile dynamics between Portugal and Brazil, precisely through trade relations driven by the textile production of the aforementioned factory, which, in turn, provided a commercial interlacement through different outlets.
URI: http://hdl.handle.net/10923/11827
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000489169-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo4,29 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.