Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/12339
Tipo: masterThesis
Título: Os maestros da elite: carreiras e trajetórias dos líderes no Senado Federal entre 1999 e 2006
Autor(es): Centeno, Alison Ribeiro
Orientador: Madeira, Rafael Machado
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais
Fecha de Publicación: 2018
Palabras clave: CIÊNCIA POLÍTICA
POLÍTICOS BRASILEIROS
Resumen: Através de um estudo acerca do social background, das carreiras e trajetórias políticas de Senadores que foram alçados aos postos de líderes de partidos e blocos suprapartidários do Senado Federal entre 1999 e 2006, este trabalho evidencia que, no que tange às 51ª e 52ª Legislaturas, o colégio de líderes concentrou e exacerbou as principais características dos componentes da Casa. Valendo-se de um arcabouço teórico que valoriza a experiência política e o capital social como fontes de manutenção da elite que compõe os meios institucionais, retomou-se estudos de caso focados no Congresso Nacional, sintetizados em dados e afirmações que corroboraram para a compreensão da política institucional brasileira dominada por uma elite coesa, de baixa circularidade e de elevados recursos socioeconômicos que os projetam para os cargos mais elevados do Legislativo. Tendo questionado a possível dissonância entre os Senadores líderes e liderados, encontrou-se um perfil de líder que supera as diferenças intrínsecas das legendas na escala ideológica, onde os Senadores engenheiros se sobrepuseram a dominância dos bacharéis em Direito na Casa da Federação, que como instituição legislativa marcada pelos políticos de carreiras longevas, tinha no colégio de líderes, Senadores ainda mais experientes, principalmente com carreiras políticas construídas por mandatos no Legislativo.
Studying the social background, the political careers and political pathways of Federal Senators from Brazil who were chosen as party leaders and supra-party blocs' leaders between 1999 and 2006, this examination points out that during the 51st and 52nd Congresses the group of leaders concentrated and exacerbated the main qualities of the Senate's components. Using a theoretical framework that values institutional political experience and social capital as sources of maintenance of the political elite that composes the political institutions, studies focused on Brazil's bicameral Congress were synthesized in data and conclusions that corroborated for the understanding of the Brazilian political institutions dominated by a cohesive elite, with low circularity and high socioeconomic resources that projects them to the highest positions on Legislative. Questioning the possible dissonance between parties leaders and parties members in the Federal Senate, there was a 'leader profile' that overcame the intrinsic differences of parties on the political spectrum, where Senators that have graduated in engineering overcame the numerical dominance of law graduates in Brazil's Federal Senate, which as one half of the country's Congress is marked by long-serving career politicians, with parties leaders being even more experienced Senators, mainly with political careers built by Legislative mandates.
URI: http://hdl.handle.net/10923/12339
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000489468-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,63 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.