Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/1242
Tipo: masterThesis
Título: Medição de desempenho: uma proposta de sistema de avaliação de performance para redes horizontais de cooperação
Autor(es): Lenz, Geanderson Souza
Orientador: Hansen, Peter Bent
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Administração e Negócios
Data de Publicação: 2007
Palavras-chave: ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS
AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO
ALIANÇAS ESTRATÉGICAS (ADMINISTRAÇÃO)
Resumo: The constant increase of the competition and the rise of the levels of requirement of the consumers are making the organizations to take the adaptation process a constant. In this context, the small business enterprises possess disadvantages in function of its size, and the scarcity of resources. The possibilities of confrontation to these ambient difficulties they appear to the horizontal networks of cooperation. These are the union of two or more companies, whom by means of the cooperation they search to gain resulted which alone the same ones they would not obtain or they would have much difficulty to reach. Although the cooperation to be a viable tool for organizations, to know the concrete results of this union is excellent for the agreement of the possibilities and constant improvements in the interorganizacional relationship. Ahead of this, the present work had as objective to consider a system for evaluation of the performance of horizontal networks of cooperation. The proposal of the measurement system took in consideration integrated models of performance measurement for individual companies and productive arrangements. Its construction if based on the adaptation of perspectives and unfolding of strategies for the reality of the studied population. The method of the work was carried through by means of research of qualitative nature, with strategy of study of multiple cases and exploratory boarding. Four cases in distinct horizontal networks of cooperation of the region had been carried through metropolitan of Porto Alegre, in two distinct stages, one testing the variable considered on the networks and another phase considering the perceptions on the considered system of measurement. The results found in the first one had demonstrated the absence of mechanisms for measurement of the results of the cooperation between the companies. Also they had not been cited changeable different of the established ones previously. The results of the second phase had presented a favorable perception of the participants of the nets, having detached the insertion of the system in the context, the simplicity of build it and the interrelation of the perspectives for search of the results. The main implications of the work present its viability for the horizontal networks and expand the theoretical use of the horizontal relationships of cooperation, establishing connection with the thematic evaluation and performance measurement.
O aumento constante da concorrência e a elevação dos níveis de exigência dos consumidores estão fazendo as organizações tomarem o processo de adaptação uma constante. Nesse contexto, as micro e pequenas empresas possuem desvantagens em função do seu tamanho, e da escassez de recursos. Como possibilidades de enfrentamento a essas dificuldades ambientais surgem às redes horizontais de cooperação. Essas são a união de duas ou mais empresas, que por meio da cooperação buscam auferir resultados quê sozinhas as mesmas não conseguiriam ou teriam muita dificuldade de atingir. Apesar de a cooperação ser uma ferramenta viável para organizações, saber os resultados concretos dessa união é relevante para o entendimento das possibilidades e para melhorias constantes no relacionamento interorganizacional. Diante disto, o presente trabalho teve como objetivo propor um sistema para avaliação da performance de redes horizontais de cooperação. A proposição do sistema de mensuração levou em consideração modelos integrados de medição do desempenho para empresas individuais e arranjos produtivos. Sua construção se baseou na adaptação de perspectivas e desdobramento de estratégias para a realidade da população estudada. A operacionalização do trabalho foi realizada por meio de pesquisa de natureza qualitativa, com estratégia de estudo de casos múltiplos e abordagem exploratória. Foram realizados quatro casos em distintas redes horizontais de cooperação da região metropolitana de Porto Alegre, em duas etapas distintas, uma testando as variáveis consideradas sobre as redes e outra fase considerando as percepções sobre o sistema de medição proposto. Os resultados encontrados na primeira demonstraram a ausência de mecanismos para mensuração dos resultados da cooperação entre as empresas. Também não foram elencadas variáveis diferentes das estabelecidas previamente. Os resultados da segunda fase apresentaram uma percepção favorável dos participantes das redes, destacando a inserção do sistema no contexto, a simplicidade de operacionalização e a inter-relação das perspectivas para busca dos resultados. As principais implicações do trabalho apresentam a sua viabilidade para as redes horizontais e expande a utilização teórica dos relacionamentos horizontais de cooperação, interligando com a temática avaliação e mensuração do desempenho.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1242
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000400392-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo671,22 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.