Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/13367
Tipo: masterThesis
Título: Predestinação e livre arbítrio na teologia de Jacó Armínio: contribuições do arminianismo do século XVI para uma atual tomada de consciência da liberdade humana de julgar e agir com responsabilidade, em uma sociedade em construção
Autor(es): Silva, Germano Soares
Orientador: Susin, Luiz Carlos
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Teologia
Data de Publicação: 2017
Palavras-chave: FILOSOFIA MEDIEVAL
LIVRE ARBÍTRIO
SALVAÇÃO
Resumo: O presente trabalho tem como escopo o propósito de enfocar o pensamento teológico de Jacó Armínio, sobre as temáticas do Livre Arbítrio e da Predestinação. Estes temas sempre foram discutidos por calvinistas em solo brasileiro, e somente pelo ângulo reformado, pelo fato de as obras de Armínio não serem conhecidas nas academias teológicas do Brasil. Neste início do século XXI, surgiu início a uma série de publicações acerca do pensamento de Jacó Armínio, por arminianos brasileiros que se esforçaram e estão se esforçando com o intuito não de promover discussões sem sentido, mas mostrar como Armínio pensava e refletia as Sagradas Escrituras, produzindo suas mensagens e seus estudos para instruir a igreja em que foi pastor na Holanda. Para a grande alegria dos admiradores das obras de Armínio, no ano de 2015, a Casa Publicadora das Assembleias de Deus do Brasil (CPAD) publicou em três volumes as Obras de Armínio.Essa publicação serviu de base para o presente trabalho, somando-se outras obras publicadas por estudiosos arminianos brasileiros e norte-americanos. Este trabalho não trata de todo o pensamento de Armínio, mas foi de interesse pessoal, refletir acerca do Livre Arbítrio e da Predestinação. O primeiro capítulo aborda o cenário das principais controvérsias e, também, dos conflitos na realidade eclesial da Holanda de 1609 a 1618. Nesse cenário estavam presentes como principais protagonistas calvinistas e arminianos. Quanto ao segundo capítulo tem como abordagem a temática da Predestinação, não como fatalismo, mas para a adoção e, também, para a glória de Deus. Predestinação tem como escopo a responsabilidade do cristão no Reino de Deus. E por último, o terceiro capítulo, que tem como conteúdo o significado do Livre Arbítrio e seus poderes para as dimensões de uma cristandade livre e responsável. Espera-se que todos aqueles e aquelas que se envolverem com o conteúdo deste trabalho, tenham ânimo e ação, a fim de se poder refletir com liberdade sobre o pensamento de Jacó Armínio, para a existência de boa realidade social e eclesial.
The present work has the purpose of focusing the theological thought of Jacob Arminius on the themes of Free Will and Predestination. These themes have always been discussed by Calvinists on Brazilian soil, and only by the Reformed angle, for the lack of works of Arminius are not known in the theological academies of Brazil. At the beginning of the 21st century, a series of publications about the thinking of Jacob Arminius began, by Brazilian Arminians who struggled and are struggling not to promote meaningless discussions, but to show how Arminius thought and reflected the Sacred Scriptures, producing his messages and his studies to instruct the church where he was pastor in Holland. To the great joy of admirers of the works of Arminius, in 2015, Publishing House Assemblies of God of Brazil (CPAD) published in three volumes the Works of Arminius. This publication served as the basis for the present work, adding other works published by Brazilian and North American Arminian scholars.This work does not deal with all of Arminius's thinking, but it was of personal interest to reflect on Free Will and Predestination. The first chapter deals with the scene of the main controversies and also of the conflicts in the ecclesial reality of the Netherlands from 1609 to 1618. In this scenario were present as main protagonists Calvinists and Arminians. The second chapter deals with the theme of Predestination, not as fatalism, but for adoption and also for the glory of God. Predestination has as its scope the responsibility of the Christian in the Kingdom of God. And finally, the third chapter, which has as its content the meaning of Free Will and its powers to the dimensions of a free and responsible Christendom. It is hoped that all those who are involved in the content of this work will have spirit and action in order to be able to freely reflect on the thought of Jacob Arminius for the existence of a good social and ecclesial reality.
URI: http://hdl.handle.net/10923/13367
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000489557-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo765,42 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.