Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/1380
Tipo: masterThesis
Título: Memória contextual incidental e perfil circadiano dos níveis de cortisol e DHEA em adultos com depressão maior unipolar
Autor(es): Corrêa, Márcio da Silveira
Orientador: Bromberg, Elke
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular
Data de Publicação: 2011
Palavras-chave: BIOLOGIA CELULAR
BIOLOGIA MOLECULAR
NEUROFISIOLOGIA
BIOQUÍMICA
DEPRESSÃO
MEMÓRIA
CODIFICAÇÃO
HIDROCORTISONA
Resumo: Background: The depression is a mental illness that affects the population worldwide. Also known as a mood disorder is characterized by feelings of defeat, guilt and low self-esteem, being twice as common in women than in men. One of its main consequences in the body are the cognitive dysfunctionObjectives: We investigated the effect of cognitive support on contextual memory in depression and analyzed neuropsychological and hormonal characteristics that could affect memory. Methods: Seventeen medicated patients with MDD (age 20-40 years, 14 women) and 22 controls matched for age, gender and education performed the Vocabulary subtest of WAIS-III (VWAIS), the Wisconsin Card Sorting Test (WCST) and a recognition memory task for item (object) and context (location), which was applied with or without an incidental binding cue. Salivary cortisol and DHEA were measured at 7AM, 4PM and 10PM. Results: Patients and controls exhibited performance-matched recognition scores for items, but patients showed a deficit for contextual memory in the absence of the binding cue. Worse performance on neuropsychological tests (VWAIS and WCST) and lower cortisol and cortisol/DHEA ratios in patients were not causally related to this deficit. Conclusions: Contextual memory deficits in MDD patients could be reduced by providing additional cognitive support at encoding.
Características: A depressão é uma das doenças mentais que mais afeta a população mundialmente. Também conhecida como um transtorno do humor é caracterizada por sentimentos de derrota, baixa autoestima e culpa, sendo duas vezes mais comum em mulheres do que em homens. Uma das suas principais conseqüências no organismo são as disfunções cognitivas. Objetivos: Nós investigamos os efeitos do suporte cognitivo sobre a memória contextual na depressão e analisamos as características neuropsicológicas e hormonais que podem afetar a memória.Métodos: Dezessete pacientes medicados com depressão maior unipolar (idade 20- 40 anos, 14 mulheres) e 22 controles pareados por idade, gênero e educação realizaram o subteste Vocabulário do WAIS-III (VWAIS), o Wisconsin Card Sorting Test (WCST) e um teste de memória para reconhecimento de itens (objetos) e contextos (local), o qual foi aplicado com ou sem pista incidental. Amostras de salivas para análise de cortisol e DHEA foram coletadas as 07AM, 4PM e 10PM. Resultados: Pacientes e controles apresentaram desempenho equiparado nos escores de reconhecimento de itens, mas os pacientes apresentaram um déficit de memória contextual na ausência da pista. O mau desempenho nos testes neuropsicológicos (VWAIS e WCST) e baixos níveis de cortisol e da razão cortisol/DHEA em pacientes não foram a causa relacionada a esse déficit. Conclusão: Déficits na memória contextual em pacientes com depressão maior podem ser reduzidos fornecendo suporte cognitivo adicional na codificação.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1380
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000431437-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo284,46 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.