Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/14080
Tipo: doctoralThesis
Título: A perspectiva das pedras: fenomenologia e percepção no sítio arqueológico Santa Clara
Autor(es): Lemes, Lucio
Orientador: Hilbert, Klaus
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em História
Data de Publicação: 2018
Palavras-chave: ARQUEOLOGIA
FENOMENOLOGIA
Resumo: Este trabalho é fruto de uma visão fenomenológica em Arqueologia, fundamentada no engajamento perceptivo e na tentativa de esclarecer a separação criada entre sujeito e objeto, sob influência do paradigma cartesiano, que induziu todo o saber cientifico a uma visão mecanicista do mundo e à hegemonia do racionalismo acadêmico. Para tanto, buscamos na fenomenologia o entendimento das essências na existência (retorno às coisas mesmas) e buscamos a definição das vivências humanas. Podemos dizer que o método fenomenológico busca entrar em contato com os fatos e percebê-los em si mesmos e decifrá-los de maneira que dê sentido às coisas. Com isso, realizamos uma revisão para os modelos ocupacionais criados para a pré-história de Quaraí e a região da fronteira oeste do Rio Grande do Sul demonstrando que os grupos que ali habitaram permaneciam, desde o princípio então, engajado em seu meio ambiente, como um organismo-pessoa que forma com o mundo um sistema de rede, este habitado por objetos materiais, humanos e não humanos, e que se relacionavam uns com os outros.
This paper is the outcome of a phenomenological view on archeology, based on the perceptive commitment and in the try to enlighten the separation created between subject and object, under the influence of the Cartesian paradigm which induced all scientific knowledge to a mechanistic view of the world and to the hegemony of academic rationalism. Therefore, we seek in phenomenology the understanding of the essences in existence (return to the same things) and we seek the definition of human experiences. We can say that the phenomenological method seeks to get in touch with the facts and perceive them in themselves and decipher them in a way that gives meaning to things. Therewith, we review the occupational models created for the prehistory of Quaraí and the region of the western border of Rio Grande do Sul, believing that the groups that lived there remained, from the beginning, commitment in your environment, as an person-organ who forms with the world a network system, and this inhabited by material objects, human and non-human and that related to each other.
URI: http://hdl.handle.net/10923/14080
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000492933-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo11,65 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.