Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/1428
Tipo: masterThesis
Título: Efeitos do envelhecimento e da integridade funcional do córtex pré-frontal sobre a memória contextual e uso de estratégias de codificação
Autor(es): Barragana, Vânia Jofré
Orientador: Bromberg, Elke
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular
Data de Publicação: 2011
Palavras-chave: BIOLOGIA CELULAR
CÓRTEX PRÉ-FRONTAL
ENVELHECIMENTO
MEMÓRIA
IDOSOS
Resumo: Background: Age related reductions in contextual memory can impair daily functioning of older adults and have an important impact on their quality of life. Thus, the understanding of the neurobiological correlates of this memory decline is important to the establishment of effective cognitive interventions in healthy older adults. Objective: The current study was aimed to investigate the effects of aging and prefrontal cortex (PFC) function on contextual memory performance under different encoding conditions in a naturalistic experimental paradigm. Methods: Young (n=34, aged 20 - 35 years) and older adult men (n=31; aged 54 - 87 years) matched for education completed a recognition memory task for context (location of objects depicted in different rooms of a house) with or without an incidental binding cue at encoding. In addition, Wisconsin Card Sorting Test (WCST) was carried out to assess PFC function. Results: Results for contextual memory performance showed significant main effects of aging and encoding condition. Older adults performed significantly poorer than young controls in the encoding condition without incidental binding cue. The introduction of the incidental binding cue at encoding significantly improved the context recognition scores in young and older adults. A significant association between WCST scores and the performance for contextual memory were found only in the task without binding cue and just for the older adult men. Conclusion: The main findings indicate that the age related deficits on contextual memory are associated to age related impairments of PFC function, as indicated by the WCST. However, contextual memory of older adults improved with cognitive support at encoding and became independent of the scores on WCST, suggesting that incidental associative binding instructions at encoding can mitigate PFC deficits.
Introdução: Reduções na memória contextual relacionadas à idade podem prejudicar o funcionamento diário dos idosos e têm um impacto importante na sua qualidade de vida. Assim, a compreensão dos correlatos neurobiológicos deste declínio da memória é importante para o estabelecimento de intervenções cognitivas eficazes em idosos saudáveis. Objetivo: O presente estudo teve como objetivo investigar os efeitos do envelhecimento e da função do córtex pré-frontal (CPF) sobre o desempenho da memória contextual em condições diferentes de codificação em um paradigma experimental naturalista. Métodos: Jovens (n = 34; 26,02 ± 0,64) e idosos (n = 31; 69,09 ± 1,26) do sexo masculino pareados por nível educacional. Os voluntários foram submetidos a uma tarefa de memória de reconhecimento de contexto (localização de objetos representados em diferentes salas de uma casa) com ou sem uma estratégia de codificação associativa. Além disso, o Teste Wisconsin de Classificação de Cartas (WCST) foi realizado para avaliar a integridade funcional do CPF. Resultados: Os resultados para o desempenho da memória contextual mostrou efeitos significativos do envelhecimento e da estratégia de codificação. Os idosos tiveram um desempenho significativamente pior do que controles jovens na condição de codificação sem estratégia de codificação. A introdução da estratégia de codificação melhorou significativamente as pontuações do reconhecimento do contexto nos jovens e idosos. A associação significativa entre as pontuações WCST e o desempenho da memória contextual foram encontrados apenas nos idosos sem estratégia de codificação. Conclusão: As principais conclusões indicam que os déficits na memória contextual e distúrbios da função do CPF estão relacionados com a idade, como indicado pelo WCST. No entanto, a memória contextual dos idosos melhorou, com o a introdução da estratégia de codificação associativa e tornou-se independente da pontuação no WCST, sugerindo a estratégia de codificação associativa pode atenuar os déficits do CPF.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1428
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000437812-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo150,58 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.