Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/15312
Tipo: doctoralThesis
Título: Doutrina remanescente: a atualização da memória integralista nos anos 1990
Autor(es): Amaral, Giovanna Martelete do
Orientador: Murari, Luciana
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em História
Data de Publicação: 2019
Palavras-chave: INTEGRALISMO
MEMÓRIA
IMPRENSA - BRASIL - ANÁLISE DO DISCURSO
Resumo: O integralismo surgido em 1932 teve uma trajetória de revés a partir seu fechamento em 1937. Entretanto, seus militantes permanecem buscando a ascensão do movimento ainda hoje. Essa pesquisa busca investigar a relação que os militantes mantêm com a história do movimento, a memória e a sua atualização nos anos 1990. A análise se dá através dos jornais Renovação Nacional (Rio de Janeiro/RJ) e A Voz do Oeste (Lins/SP), além do boletim Alerta, do Centro Cultural Plínio Salgado (São Gonçalo/RJ). Concentra-se no discurso efetuado pelos militantes sobre a identidade do movimento, estreitamente relacionada a sua história, sua relação com a nação, a religiosidade e o combate a um contínuo estado de crise diagnosticado na sociedade. A história do movimento é rememorada pelos militantes como resposta a problemas atuais, revisitando momentos críticos com um realce positivo. Em contrapartida, percebe-se o ressentimento dos militantes frente ao estado do movimento e a características da sociedade moderna, bem como as disputas que travam entre si e contra entidades de fora do integralismo. Por fim, analisa-se o papel do patriotismo e do civismo percebido pelos militantes nos anos 1990, e a permanência e atualização de rituais e símbolos do movimento, que são parcialmente utilizados e condicionados pelo contexto histórico.
Brazilian integralism risen in 1932 had a trajectory of setbacks following its shutdown in 1937, however, its militance has continued working towards the movement’s ascension to this day. This research aims to investigate the relation the militance kept with the movement's history, memory and its update in the decade of 1990. The analysis is made through the newspapers Renovação Nacional (Rio de Janeiro/RJ) and A Voz do Oeste (Lins/SP), besides the newsletter Alerta, from the Centro Cultural Plínio Salgado (São Gonçalo/RJ). It focuses on the discourse presented by the militance about the movement’s identity, strictly related to its history, its relation with the nation, its religiosity and the combat against a continuous state of crisis in society. The movement’s history is recalled by the militance as an answer to current issues, revisiting critical moments with a silver lining. By counterpart, one can notice the resentment from the militance towards the state of the movement and modern society’s characteristics, as well as the disputes they wage among themselves and with entities from outside of Brazilian integralism. Finally, here are analysed the roles of patriotism and civism as perceived by the 1990’s militance, and the continuity and update of the movement’s rituals and symbols, which are partially used and conditioned by the historical context.
URI: http://hdl.handle.net/10923/15312
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000495456-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,05 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.