Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/15325
Type: masterThesis
Title: A intersetorialidade: contradições e desafios na política de assistência social
Author(s): Leão, Karen Lígia
Advisor: Maciel, Ana Lúcia Suárez
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Issue Date: 2019
Keywords: INTERSETORIALIDADE
POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
RIO GRANDE DO SUL - POLÍTICA
SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
SERVIÇO SOCIAL
Abstract: A presente dissertação sistematiza os resultados da pesquisa desenvolvida durante o Curso de Mestrado em Serviço Social no Programa de Pós-Graduação da Escola de Humanidades da PUCRS, que teve por intuito principal analisar como vem se materializando a intersetorialidade na Política de Assistência Social na Região do Vale do Caí, com vistas a contribuir com subsídios para seu aprimoramento. Para realização do estudo, empreendeu-se uma pesquisa qualitativa, de enfoque misto, alicerçada no método dialético-crítico, tendo como amostra três municípios da Região do Vale do Caí que é composta por vinte municípios. A coleta de dados realizou-se através da realização de entrevistas com três gestores e três assistentes sociais de cada município, bem como foram analisados os documentos relacionados à política de assistência social nos mesmos. Como principais resultados do estudo, se destaca a incipiência da prática intersetorial nos municípios/lócus da pesquisa realizada. Destarte, mesmo com os apontamentos feitos pelos gestores e assistentes sociais sobre a relevância da práxis intersetorial, se evidencia um vasto caminho a ser trilhado, repleto de contradições e desafios. Assim, se conclui que a intersetorialidade deve ser compreendida como um modelo de gestão que tem como valor fundamental a totalidade dos sujeitos e das famílias, para que se tenha acesso efetivo quanto à oferta dos serviços públicos e aos direitos sociais garantidos legalmente.
The present dissertation systematizes the results of the research developed during the Master's Degree in Social Work in the Postgraduate Program of the Humanities School of PUCRS, whose main purpose was to analyze how the intersectoriality in the Social Assistance Policy in the Region of the Vale do Caí, in order to contribute with subsidies for its improvement. To carry out the study, a qualitative, mixed-focus research based on the dialectical-critical method was undertaken, having as sample three municipalities of the Caí Valley Region that is composed of twenty municipalities. The data collection was carried out through interviews with three managers and three social workers from each municipality, as well as the documents related to the social assistance policy in them. The main results of the study are the incipience of intersectoral practice in the municipalities/locus of the research. Thus, even with the notes made by managers and social workers on the relevance of intersectoral praxis, there is a vast path to be followed, full of contradictions and challenges. Thus, it is concluded that the intersectoriality must be understood as a management model that has as fundamental value the totality of the subjects and the families, in order to have effective access to the offer of public services and to legally guaranteed social rights.
URI: http://hdl.handle.net/10923/15325
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000494604-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,07 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.