Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/15354
Tipo: masterThesis
Título: Nanopartículas magnetofluorescentes de SPION@SiO2 funcionalizadas com sondas ESIPT
Autor(es): Selli, Gisele Inês
Orientador: Papaléo, Ricardo Meurer
Campo, Leandra Franciscato
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Tecnologia de Materiais
Data de Publicação: 2019
Palavras-chave: NANOPARTÍCULAS
ÓXIDOS
ENGENHARIA QUÍMICA
ENGENHARIA DE MATERIAIS
Resumo: No presente trabalho, investigou-se a síntese e caracterização de nanopartículas magnetofluorescentes compostas de um núcleo de óxido de ferro e casca de sílica, funcionalizadas com fluoróforos que emitem pelo mecanismo de ESIPT. A síntese das nanopartículas de óxido de ferro foi realizada através do método poliol e a casca de óxido de silício, utilizando a rota sintética sol-gel Stober. Os fluoróforos 2- [5’– N- (3 - triethoxisilil) propilureia - 2’ - hidroxifenil] benzotiazol (HBT) e 2- [5’–N- (3 - triethoxisilil) propilureia - 2’ - hidroxifenil] benzoxazol (HBO) foram acoplados as nanopartículas revestidas com sílica utilizando um sistema de refluxo com solvente acetato de etila. Foram obtidas nanopartículas com núcleo de óxido de ferro com tamanho médio de ≈10 nm, revestidas com uma casca de óxido de silício de duas espessuras ≈10 e 16 nm. A estrutura cristalina do núcleo obtida por XRD foi de espinélio inverso coerente com a magnetita. As nanopartículas não apresentam magnetização residual e histerese, indicando comportamento superparamagnético, independentemente do tamanho da casca. Os espectros de emissão fluorescente no estado sólido confirmam o acoplamento entre os fluoróforos e as SPION@SiO2, e as propriedades fluorescentes das NPS. Pode- se verificar deslocamentos de Stokes maiores do que 150 nm. Os espectros de emissão em dispersões líquidas, dos fluoróforos HBO e HBT livres, contudo se mostraram dependentes da presença de nanopartículas de óxido de ferro, mesmo com a casca de sílica. A supressão de fluorescência foi observada em grande parte dos sistemas, no entanto o mecanismo pelo qual ele ocorre ainda não está bem entendido. A partir dos resultados obtidos foi possível concluir que os compósitos sintetizados possuem características magéticas e fluorescentes com potencialidades de uso como agentes de contraste em imagens biomédicas.
In the present study, we investigated the synthesis and characterization of core-shell magnetofluorescent nanoparticles composed of an iron oxide core and silica shells functionalized with fluorophores, which emit by the ESIPT mechanism. The synthesis of the iron oxide nanoparticles was performed by the polyol method and the coating, using the Stober sol-gel synthetic route. The fluorophores 2- [5'-N- (3-triethoxysilyl) propylurea-2'-hydroxyphenyl] benzothiazole (HBT) and 2- [5'-N- (3-triethoxysilyl) propylurea-2'-hydroxyphenyl] benzoxazole (HBO) were coupled to the coated nanoparticles using a reflux system with ethyl acetate as solvent. The resulting nanoparticles have an iron oxide core with diameters of ≈ 10 nm and a silicon oxide shell with thicknesses of ≈ 10 and 16 nm. The peak patterns of the cores obtained by XRD correspond to the inverse spinel structure of magnetite structure. The nanoparticles do not present residual magnetization and hysteresis, indicating a superparamagnetic behavior, regardless of the shell size. The solid state spectra of fluorescence emission confirm the coupling between fluorophores and SPION@SiO2, and the fluorescent properties of NPs. The samples showed Stokes displacements greater than 150 nm. The fluorescence emission spectra for the liquid dispersions, HBO and HBT fluorophores showed however, a behavior that depends on the presence of iron oxide nanoparticles, even in the presence of silica shell. Fluorescence suppression has been observed in most of the systems, however the mechanism by which suppression occurs is unclear the synthesized NP systems have both magnetic and fluorescent characteristics with potential to be used as contrast agents in biomedical imaging.
URI: http://hdl.handle.net/10923/15354
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000494827-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo3,45 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.