Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/1561
Type: masterThesis
Title: Roteamento baseado em caminhos de maior grau de conectividade aplicado ao OLSR
Author(s): Fermino, Gunnar Ramos
Advisor: Dotti, Fernando Luís
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação
Issue Date: 2009
Keywords: INFORMÁTICA
ROTEAMENTO - REDES DE COMPUTADORES
PROTOCOLOS DE APLICAÇÃO SEM FIO (PROTOCOLOS DE REDE DE COMPUTAÇÃO)
Abstract: Ad hoc mobile networks are characterized by high mobility, low bandwidth due to the limitations of the wireless transmission, and by the nodes shortage of energy. The topologies of these networks suffer unpredictable changings, reducing the delivery rates in the network. In this composition it is highlighted the routing activity in mobility sceneries, because building routing protocols that guarantee good delivery packets rates in such environment is one of the main challenges in ad hoc networks, since a route, elected as the best at a given moment will not exist in other. This way, it is proposed a new select criterion of routes for the routing protocol OLSR (Optimized Link State Routing) in order to guarantee better delivery packets rates even in high mobility environments. In this criterion, a destination route is selected if it is the least route of bigger connectivity degree, which differs from the original OLSR that uses only the route sizes as criterion. The connectivity degree of a route is given by the sum of the degree of each node of this way, in other words, is given by the sum of quantity of neighbors (links) of each node in the route. This criterion is beneficed by the fact of the OLSR to make a dynamic hop-by-hop routing, which allows that each intermediary node, based on the most current information of its table routes, interferes in the route to be used in the packets routing, soon, if each intermediary node has a bigger connectivity degree, in case of links failure caused by mobility, increases the possibility of which more quickly an alternative route is used up to the destination. To the version of the OLSR executing the proposed criterion, we call it OLSR_PD (OLSR based on Path Degree), in other words, it is the version of the OLSR what does routing based on the connectivity degree of the route. To evaluate the performance of the OLSR_PD simulations were carried, in which parameters like mobility and number of nodes varied in order to validate the protocol functioning under the most varied situations of mobility, traffic and scalability. The experimental results of the simulations showed that the OLSR_PD reaches substantial increase in the delivery rate and of transfer of packets regarding the original OLSR, with insignificant increase in the number of control packets in the network.
As redes móveis ad hoc são caracterizadas pela alta mobilidade, baixa largura de banda devido às limitações do meio de transmissão wireless e pela escassez de energia dos nodos, razões pelas quais a topologia dessas redes sofrem alterações imprevisíveis reduzindo diretamente a taxa de entrega de pacotes na rede. Neste trabalho é destacada a atividade de roteamento em cenários de mobilidade, pois construir protocolos de roteamento que garantam boa taxa de entrega de pacotes em tal ambiente é um dos principais desafios em redes ad hoc, visto que uma rota eleita como a melhor em um dado momento não existirá em outro. Neste sentido propõe-se um novo critério de seleção de rotas para o protocolo de roteamento OLSR (Optimized Link State Routing) a fim de garantir melhores taxas de entrega de pacotes mesmo em ambientes de alta mobilidade. Nesse critério, uma rota para um destino é selecionada se ela é a menor rota de maior grau de conectividade, o que difere do OLSR original que usa apenas o tamanho da rota como critério. O grau de conectividade de uma rota é dado pela soma do grau de cada nodo desse caminho, ou seja, é dado pela soma da quantidade de vizinhos (enlaces) de cada nodo da rota. Esse critério se beneficia do fato de o OLSR fazer roteamento dinâmico salto-a-salto, o que permite que cada nodo intermediário, com base nas informações mais atuais de sua tabela de rotas, interfira na rota a ser utilizada no roteamento de pacotes, logo se cada nodo intermediário possuir um maior grau de conectividade, em caso de falhas de enlaces por causa da mobilidade, aumenta-se a possibilidade de que mais rapidamente seja utilizado um caminho alternativo até o destino.A versão do OLSR executando o critério proposto, chamamos de OLSR_PD (OLSR based in Path Degree), ou seja, é a versão do OLSR que faz roteamento baseado no grau de conectividade do caminho. Para avaliar o desempenho do OLSR_PD foram realizadas simulações em que parâmetros como mobilidade e número de nodos variaram a fim de validar o funcionamento desse protocolo sob as mais variadas situações de mobilidade, tráfego e escalabilidade. Os resultados experimentais das simulações mostraram que o OLSR_PD alcança substancial aumento na taxa de entrega e de repasse de pacotes em relação ao OLSR original, com insignificante aumento no número de pacotes de controle na rede.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1561
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000425451-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,2 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.