Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/1596
Tipo: masterThesis
Título: Método de conversão de diagrama de atividades UML para SAN e geração de casos de teste de software
Autor(es): Oliveira, Toni Amorim de
Orientador: Fernandes, Paulo Henrique Lemelle
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação
Data de Publicação: 2010
Palavras-chave: INFORMÁTICA
ENGENHARIA DE SOFTWARE
REDES DE AUTÔMATOS ESTOCÁSTICOS
SOFTWARE - AVALIAÇÃO
UML (INFORMATICA)
Resumo: The process of software development is a task that involves a set of activities to be performed and, in many cases, by large and geographically dispersed teams. This requires the utilization of methods that renders a broad vision of all stages of the development process. The UML (Unified Modeling Language) is a modeling language that enables this vision through the use of diagrams that graphically demonstrates the software structure being developed. The activity diagram is used to model the behavior of the system with executing flows for every defined activity In order to obtain a behavioral model of computational systems, this work presents a proposal to converter activity diagrams to SAN (Stochastic Automata Networks), a mathematical formalism for modeling probabilistic index extraction related to the states, allowing decisions making for project resources allocated. To demonstrate how to execute the conversion, we use a simplified version of the elements from the UML activity diagrams to describe both parameters and rules associated to de conversion. We also present the results generated from the SAN model.
O processo de desenvolvimento de software é uma tarefa que envolve um conjunto de atividades a serem realizadas, e em muitos casos, por equipes grandes que podem se encontrar geograficamente dispersas. Isso exige do desenvolvedor a utilizacão de métodos que proporcionem uma visão de todas as etapas desse processo de desenvolvimento. A UML (Unified Modeling Language) é uma linguagem de modelagem que possibilita essa visão através do uso de diagramas que demonstram graficamente a estrutura do software em desenvolvimento. O diagrama de atividades é utilizado para modelar o comportamento do sistema, através dos fluxos de execução de cada atividade desempenhada pelo mesmo. Com o objetivo de obter um modelo comportamental de sistemas computacionais apresentamos neste trabalho uma proposta de conversão de diagramas de atividades para SAN (Stochastic Automata Networks), um formalismo matemático que possibilita a modelagem de sistemas em geral, a partir do qual é possível extrair índices probabilísticos relacionados aos estados, permitindo aos responsáveis pelo processo de desenvolvimento tomar decisões sobre os recursos alocados no projeto. Com o intuito de demonstrarmos como executar a conversão, usamos uma versão simplificada dos elementos do diagrama de atividades da UML, para descrever os parâmetros e regras utilizadas para a conversão proposta. Apresentamos ainda os resultados obtidos a partir do modelo SAN gerado.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1596
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000425004-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,25 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.