Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/1633
Tipo: masterThesis
Título: Tolerância a falhas com um modelo de agentes
Autor(es): Antunes, Juliana Fonseca
Orientador: Zorzo, Avelino Francisco
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação
Data de Publicação: 2009
Palavras-chave: INFORMÁTICA
SISTEMAS MULTIAGENTES
TOLERÂNCIA A FALHAS (INFORMÁTICA)
Resumo: Anualmente, os computadores sâo utilizados nas mais diversas áreas do conhecimento humano e são imprescindíveis em várias atividades fundamentais na sociedade. Particularmente em aplicações industriais, o sistema computacional têm que ser confiável e tolerante à falhas, ou seja permitir que o sistema permaneça operando mesmo na presença de falhas. Desta forma, esta dissertação tem como objetivo descrever um modelo de agentes tolerantes a falhas. A fim de atingir tal objetivo foi feito um estudo de conceitos fundamentais de arquiteturas de agentes deliberativos baseados em estados mentais, esses descritos por crenças, desejos e intenções (modeio Belief Desire Intention), que podem ser implemenados utilizando a linguagem de programação orientada a agentes AgentSpeak e o mecanismo de tolerância a falhas de interação multiparticipante confiável (Dependable Multiparty Interaction). Através destes conceitos é implementado um sistema composto por vários elementos computacionais interativos, denominados agentes, que interagem com outros agentes, formando um sistema multiagentes que são implementadas utilìzando o interpretador Jason de linguagem AgentSpeak. Esse interpretador se comunica com o simulador da Célula de Produção FZI, escalonando o trabalho da célula de produção através das crenças e desejos, re-escalonando o trabalho se ocorrer alguma mudança do estado do sistema. A implementação de um agente tolerante a falhas permite que o sistema execute ações concorrentemente mesmo na presença de falhas, pois o mecanismo DMI gera uma interação multiparticipante entre diversos dispositivos que permite o tratamento de falhas concorrentes. A interação multiparticipante é criada pelos agentes conforme as percepções adquiridas no simulador da célula de produção, gerando ações que são enviadas ao simulador, conseqüentemente, alterando o estado dos dispositivos.
Nowadays, the computers have been used in most varied areas of the human knowledge and are indispensable in many essential activities in the society. Specifically in the context of the industrial applications the computational system must be dependable and fault-tolerance, that is, it must allow that the system remains keep on working when the faults occur. Based on this idea, this study aimed at describing a model for faults-tolerance agents. In order to achieve this objective, a study of essentials architecture concepts of deliberative agents based on mental states, described by beliefs, desires and intentions (Belief, Desire and lntention model) was carried out, these can be implemented using the agent-oriented programming language AgentSpeak and the mechanism of faults tolerance of dependable multiparty interaction (DMI). By means of these concepts, a system composed of various elements of interactive computer was implemented, these elements are called agents, because they interact with other agents, forming a multi-agent system that is implemented using the interpreter Jason of AgentSpeak language. This interpreter communicates with the simulator of FZl Production Cell, scheduling the cell production work through the beliefs and desires, re scheduling the task if occurs changes in the system state. The implementation of fault-tolerance agent allows the system executes concurrently actions even in the presence of faults because the mechanism DMI generates a multiparty interaction among the varied devices that permit the handling of concurrent faults. The multiparty interaction is created by the agents in conformity to perceptions acquired in the simulator of the cell production that is generating actions which are sent to the simulator and consequently are modifying the state of the devices.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1633
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000430145-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,65 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.