Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/1653
Tipo: masterThesis
Título: Técnica para obtenção de redes de autômatos estocásticos baseada em especificações de software em UML
Autor(es): Neuwald, Felipe Barp
Orientador: Fernandes, Paulo Henrique Lemelle
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação
Data de Publicação: 2008
Palavras-chave: INFORMÁTICA
REDES DE AUTÔMATOS ESTOCÁSTICOS
ENGENHARIA DE SOFTWARE
SOFTWARE - AVALIAÇÃO
ORIENTAÇÃO A OBJETOS
UML (INFORMATICA)
Resumo: A avaliação de desempenho de um software orientado a objetos, hoje, pode ser feita basicamente de três maneiras: com testes de desempenho, simulações ou utilizando métodos analíticos como redes de Autômatos estocásticos e redes de filas de espera. Os testes de desempenho são eficientes e, porem podem ser aplicados apenas nas fases finais do desenvolvimento de software, quando o produto esta praticamente pronto, as simulações podem ser realizadas nas etapas iniciais do processo de desenvolvimento de software porém, geralmente, são custosas, pois dependem da criação de um simulador. Os métodos analíticos podem ser aplicados nas fases iniciais do desenvolvimento, mas exigem a criação de um modelo de avaliação de desempenho. No desenvolvimento de software orientados a objetos já se constrói um modelo, o qual possui informações detalhadas sobre o sistema. Estas informações podem ser utilizadas para gerar um modelo de avaliação de desempenho que represente o software já que muitas das informações contidas no modelo do software são comuns ao modelo de avaliação de desempenho. Utilizando esta idéia foram criados alguns métodos de conversão de UML para formalismos de avaliação de desempenho como redes de filas de espera. Porem, ainda inexiste métodos ou técnicas que convertem UML para formalismos como SAN, que é mais abrangente que, por exemplo, redes de espera. Este trabalho demonstra uma técnica de conversão de UML para SAN, onde explora-se a representação da arquitetura lógica de software orientados a objetos.
Performance evaluation of an object oriented software nowadays can be done, basically, by three different kinds of methods: Stress Testing, Simulations or Analytic Methods, like Stochastic Automata Networks or Queuing Networks. Stress Testing is an efficient method, but could only be performed on final phases of a software development process when the final product is almost finished. Simulations can be performed in initial phases of a software development process, but usually at a high cost, because it depends on a creation of a simulator. The Analytic Methods could be performed at the earlier phases of the software development process too, but they require a creation of a performance evaluation model. ln the object oriented software development a model is created, which contains detailed information about the system. This information could be used to generate a performance evaluation model, since many of the information containing on each other are common. Following that idea researches were made generating methods for conversion of UML diagram into performance evaluation methods, for example, to Queuing Network. However, does not exist a method or technique that converts UML to formalisms like SAN, which has a higher representative power then Queuing Networks. This work will present a technique for converting UML diagrams into Stochastic Automata Networks focusing on the representation of the logical architecture of object oriented softwares.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1653
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000406275-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo4,97 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.