Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/1761
Tipo: masterThesis
Título: Mídia e criminalidade: uma leitura interdisciplinar a partir de Theodor Adorno
Autor(es): Santin, Giovane
Orientador: Souza, Ricardo Timm de
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências Criminais
Data de Publicação: 2006
Palavras-chave: MEIOS DE COMUNICAÇÃO
INDÚSTRIA CULTURAL
CRIMINALIDADE
TEORIA CRÍTICA
MÍDIA
ADORNO, THEODOR W. - CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO
Resumo: In this research, which is tied to a line of interest in violence and culture within the concentration area of violence of the Masters Program in Criminal Science of the Law School of the Pontifical Catholic University of Rio Grande do Sul, we conducted a critical analysis on the manner through which the media approaches issues relating to criminality. Based on this premise, the dissertation seeks in Social Communication, Philosophy and Law theories as well as in other theories that set out the current, actual scenario of criminality in the country the ground for a review of the dramatic intervention of mass media upon the social fabric, one which impinges on and effects a change in the demeanor of people who actually turn into "public opinion" that which ought to be a "private opinion". Moreover, this study intends to demonstrate the role of the media in society, the reality it builds around criminality and the motivation behind addressing the issue as some kind of "bulkhead" for political, social and economic problems. In light of the foregoing the research describes the cultural influence of the media upon the formation of the opinion of its consumers in what regards criminality, thus evidencing the immediate connection of this study with the concentration area and the adopted line of research.
Na presente pesquisa, vinculada à linha de pesquisa Cultura e Violência, que está inserida na área de concentração Violência do Mestrado em Ciências Criminais da Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul realiza-se uma análise crítica na forma pelo qual os meios de comunicação de massa abordam as questões referentes a criminalidade. Banalizada por este prisma, a dissertação vai buscar as teorias da Comunicação Social, Filosofia, Direito e naquelas que procuram sustentar a verdadeira situação da criminalidade vigente no País, uma verificação sobre esta drástica intervenção dos meios de comunicação de massa na realidade social, a qual influencia e altera o comportamento dos homens que acabam tornando em "opinião pública", o que na verdade é uma "opinião privada". Ainda, neste estudo pretende-se demosntrar a função da mídia socialidade, a realidade que a mesma constrói acerca da criminalidade, e o interece de tratar a questão como uma espécie de "paravento" de problemas políticos, sociais e econômicos. Diante disso a pesquisa demosntra a influência cultural da mídia na formação de opinião dos seus consumidores quando se aborda a criminalidade, demonstrando assim, a vinculação direta do presente estudo com a área de concentração e com a linha de pesquisa apresentada.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1761
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000390589-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo541,11 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.