Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/1762
Type: masterThesis
Title: A inversão ideológica do discurso garantista: a subversão da finalidade das normas constitucionais de conteúdo limitativo para a ampliação do sistema penal
Author(s): Bizzotto, Alexandre
Advisor: Carvalho, Salo de
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Criminais
Issue Date: 2008
Keywords: DIREITOS FUNDAMENTAIS
TEORIA GARANTISTA (DIREITO)
DIREITO PENAL
ESTADO DE DIREITO
POLÍTICA CRIMINAL
Abstract: O trabalho tem o objetivo de discorrer a respeito da inversão ideológica do discurso garantista, procurando demonstrar ser comum na seara penal o uso do discurso das garantias constitucionais para justificar atos judiciais que concretamente causem a ampliação do sistema penal. São abordados quatro capítulos para chegar ao objetivo proposto. Parte-se de uma noção sobre a modernidade para melhor entender a crise do sistema penal, discutindo-se os ideais do controle penal em confronto com a criminologia crítica. Aponta-se para a necessidade de que o Estado Penal tenha limites constitucionais a fim de resguardar os direitos fundamentais, sendo destacada a função do intérprete na construção da efetividade garantista. Questiona-se a capacidade da sociedade de efetivamente limitar por meio do controle penal as condutas humanas, ainda mais quando se percebe a fragilidade dos instrumentos racionais perante a subjetividade, com a possibilidade de inversão interpretativa dos textos constitucionais para atender aos interesses punitivos. Sem ignorar a possibilidade de se construir um discurso de resistência, adentra-se no estudo de alguns institutos processuais penais com o objetivo de demonstrar a cotidiana inversão ideológica das garantias na prática judicial. Ao se escrever sobre a inversão ideológica do discurso garantista, surgem discussões que permitem afirmar a adesão à área de concentração de pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Ciências Criminais da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul-Violência e Sistema Penal, bem como a sua linha de pesquisa-Criminologia e Controle Social.
The work’s objective is to discourse about the ideological inversion of the guarantee speech, attempting to demostrate how constant are the uses of the constitutional speechs in the criminal action’s field to justify the judicial acts that consequently increase the criminal system. Four chapters are boarded to reach the considered objective. It starts from a Modernity notion to better undestand the criminal system crisis, discussing the criminal control ideals between the critical criminology. The necessity of the Criminal State is pointed to have constitutional limits to protect the basic rights, emphasizing the interpreter’s function in the effectiveness guarantee speech. The human’s behaviors are limited through the criminal control by the society’s capacity, which is questioned, even though when it realizes the rational instuments fragility before subjectivity, with the constitutionals texts interpretative inversion possibility to attend punitive interests. Without ignoring the possibility to compose a resistance speech, into some criminal institute procedural’s studies to demonstrate the daily idelogical inversion of speechs in the judicial pratics. Writing about the guarantee speech’s idelogical inversion, brings some arguments that allow to affirm there is an adhesion to After-Graduation Program in Criminal Sciences of Universidade Católica – Rio Grande do Sul – Violence and Criminal System, just as the research line – Criminology and Social Control.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1762
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000400724-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial149,34 kBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.