Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/1928
Tipo: masterThesis
Título: A moderna tradição gaúcha: um estudo sociológico sobre o tradicionalismo gaúcho
Autor(es): Garcia, Celso Dionatan Konflanz
Orientador: Jungblut, Airton Luiz
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais
Fecha de Publicación: 2013
Palabras clave: SOCIOLOGIA
TRADICIONALISMO - RIO GRANDE DO SUL
MOVIMENTO TRADICIONALISTA GAÚCHO
Resumen: This research aims to analyze the social logics that operate in the functioning and performance of 'Traditionalism Gaucho' in Rio Grande do Sul and that can explain, with more or less consistency, significant projection that he acquired in this state even putting up as movement called"traditionalist" in the XXI century. We believe its projection can be explained, at least reasonably, from two different angles of analysis, namely, first, by investigating those properties or characteristics assumed by movement so it could be spread throughout the Rio Grande South (say acquire large membership) even under the condition of enormous ethnic and cultural diversity that the state has gaucho, and second, by investigating those properties that explain the temporal continuity that the Movement has shown, extending to the nowadays, while there were significant contextual changes of economic and social order since its founding until the present time. From these two dimensions we believe we can cover reasonable sociological properties of performance and functioning of traditionalism that explain the considerable projection that he acquired in Rio Grande do Sul.
A presente pesquisa tem como objetivo analisar as lógicas sociais que operam no funcionamento e na atuação do ‘Tradicionalismo Gaúcho’ no Rio Grande do Sul e que possam dar conta de explicar, com maior ou menor consistência, a significativa projeção que ele adquiriu neste estado mesmo se colocando como um Movimento dito “Tradicionalista” em pleno século XXI. A nosso ver a sua projeção pode ser explicada, ao menos razoavelmente, a partir de dois ângulos de análise, sendo primeiro, por meio da investigação daquelas propriedades ou características assumidas pelo Movimento para que ele pudesse propagar-se por todo o Rio Grande do Sul (diga-se adquirir ampla adesão) mesmo sob a condição de enorme diversidade étnica e cultural que o estado gaúcho apresenta; e segundo, por meio da investigação daquelas propriedades que explicam a continuidade temporal que o Movimento demonstrou, estendendo-se até os dias atuais, mesmo tendo havido significativas mudanças de ordem econômica e social desde a sua fundação até a presente época. A partir dessas duas dimensões acreditamos conseguir compreender de forma bastante razoável as propriedades sociológicas de atuação e funcionamento do Tradicionalismo que explicam a considerável projeção que ele adquiriu no Rio Grande do Sul.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1928
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000448318-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,43 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.