Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/1985
Type: masterThesis
Title: Trabalhadores de um serviço residencial terapêutico de Porto Alegre e a reforma psiquiátrica
Author(s): Cunha, Leonardo de Santi Helena
Advisor: Mariano, Ricardo
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais
Issue Date: 2010
Keywords: CIÊNCIAS SOCIAIS
SAÚDE MENTAL
REFORMA PSIQUIÁTRICA
SERVIÇOS DE SAÚDE
RECURSOS HUMANOS EM SAÚDE
Abstract: O presente trabalho tem como objetivo analisar o discurso dos trabalhadores de um serviço de saúde especializado em saúde mental, mais especificamente um Serviço Residencial Terapêutico, a respeito de suas práticas no contexto do modelo atual de gestão e assistência. Esta produção de conhecimento torna-se relevante se considerarmos que este modelo é recente e gerado de uma política pública que emergiu de fortes disputas políticas ocorridas nas últimas décadas. A pesquisa empírica foi realizada através de entrevistas semi-estruturadas com trabalhadores da equipe de saúde mental do serviço estudado durante o segundo semestre do ano de 2009. Através da convergência das falas foram criadas categorias e sub categorias de análise para posterior confronto com a literatura especializada e com documentos governamentais da área. Foram criadas duas categorias temáticas: a primeira refere-se a percepção destes trabalhadores acerca do modelo assistencial vigente e a segunda ao perfil do profissional de saúde mental para atuar neste modelo.Das subtemáticas destas categorias emergiram questões relacionadas aos problemas enfrentados na dinâmica diária de trabalho, comparações com o modelo assistencial anterior, concepções de tratamento de saúde e o valor dado a cientificidade em saúde mental. O grupo estudado mostrou-se conhecedor dos princípios e valores que norteiam a consolidação da Reforma Psiquiátrica no país e, de modo geral, apresentou bastante homogeneidade nas respostas em cada categoria de análise. A análise geral identifica o baixo estatuto científico do campo das ciências humanas e a aposta no modelo atual de assistência através da depreciação ao modelo assistencial anterior, como principais nós críticos do discurso do grupo estudado.
This paper aims to analyze the speech of employees of a health facility specializing in mental health, more specifically a Therapeutic Residential Services, about their practices in the context of the current model of management and assistance. The research was conducted through semi-structured interviews with workers in the mental health team of the service studied during the second half of 2009. Through the convergence of the lines were created categories and sub categories of analysis for later comparison with the literature and government documents area. We created two themes: the first refers to the perception of workers about the current health care model and the second to the profile of mental health professional to act in this model. Sub-themes of these categories were issues related to problems faced in the dynamics of daily work, comparisons with the previous model of care, conceptions of health care and the value given the scientific status of mental health. The study group proved to be knowledgeable of the principles and values that guide the consolidation of the psychiatric reform in the country and, in general, was quite uniform responses in each category of analysis. The analysis identifies the general low status of the scientific field of humanities and a focus on the current model of care by depressing the previous model of care, as major critical nodes of the discourse of the group studied.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1985
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000432893-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo649,32 kBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.