Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/2094
Type: masterThesis
Title: Comunicando para comunidades de baixa-renda: decodificando conceitos urbanos
Author(s): Biffignandi, Fernando
Advisor: Dornelles, Beatriz Corrêa Pires
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Issue Date: 2013
Keywords: COMUNICAÇÃO SOCIAL
HABITAÇÃO - PORTO ALEGRE - ASPECTOS SOCIAIS
CIDADANIA - ASPECTOS SOCIAIS
POLÍTICAS PÚBLICAS
Abstract: This work details the characteristics of communication between technicians of municipal housing department of Porto Alegre city, capital of Rio Grande do Sul, and the residents of low-income communities. The research aimed to find out how these communities to receive information about the projects implemented by housing policy and the level of efficiency in the communication process used by the architects of the government. To understand the problem of social exclusion of lowincome communities, due to the difficulty of understanding the technical language was used as the method of content analysis, performed from the data survey conducted by questionnaire and interview techniques, applied from focus groups with community residents of Allotment Vale do Salso and Residential Nova Chocolatão. Community leaders were heard through interviews with open questions. The inquiry also included bibliographic and documentary, which contributed to the theoretical production. Taking as reference the precepts contained in the Educomunicação of Paulo Freire and on the Folkcomunicação of Luiz Beltrão, it was concluded that the importance of community participation transcends constitutional issues by highlighting popular knowledge as the strongest element of expression of civic conscience. The results evidenced the importance of the human referential communication processes, reflected in the dialogue between the communities of low-income and architects responsible for the design of social housing in Porto Alegre. When considering the urgency of this review process, from the perspective of the beneficiary communities, this research reinforced the role of the architect, not only as a developer home but as a social agent promoting citizenship.
Este trabalho detalha as características da comunicação existente entre técnicos do Departamento Municipal de Habitação da Prefeitura de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, e os moradores de comunidades de baixa-renda. A pesquisa objetivou saber de que forma essas comunidades recebem as informações a respeito dos projetos executados através da política habitacional e o grau de eficiência no processo de comunicação utilizado pelos arquitetos do poder público. Para entender o problema da exclusão social das comunidades de baixa renda, decorrente da dificuldade de compreensão da linguagem técnica, utilizou-se como método a análise de conteúdo, realizada a partir do levantamento de dados realizado pelas técnicas de questionário e entrevista, aplicadas a partir de grupos focais com os moradores das comunidades do Loteamento Vale do Salso e Conjunto Residencial Nova Chocolatão. Os líderes comunitários foram ouvidos através de entrevistas com questões abertas. A pesquisa contou também com levantamento bibliográfico e documental, que contribuíram para produção do referencial teórico. Tomando como base os preceitos contidos na Educomunicação, de Paulo Freire, e na Folkcomunicação, de Luiz Beltrão, foi possível concluir que a importância da participação comunitária transcende as questões constitucionais, ao valorizar o conhecimento popular como o mais forte elemento de expressão da consciência cidadã. Os resultados evidenciaram a importância do referencial humano nos processos comunicacionais, refletida no diálogo entre as comunidades de baixa-renda e os arquitetos, responsáveis pelos projetos de habitação de interesse social de Porto Alegre. Ao considerar a urgência da revisão desse processo, sob a ótica das comunidades beneficiadas, a presente pesquisa reforçou o papel do arquiteto, não apenas como técnico, mas como agente social promotor da cidadania.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2094
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000448384-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo5,91 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.