Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/2152
Tipo: masterThesis
Título: “Don’t tell me what I can’t do!”: as práticas de consumo e participação dos fãs de Lost
Autor(es): Bandeira, Ana Paula
Orientador: Escosteguy, Ana Carolina Damboriarena
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Data de Publicação: 2009
Palavras-chave: COMUNICAÇÃO DE MASSA
TELEVISÃO - SERIADOS
PROGRAMAS DE TELEVISÃO - CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO
CONSUMO
Resumo: Esta pesquisa procura descrever e analisar as atuais práticas de consumo e participação dos fãs do seriado Lost. Como as interações entre eles acontecem na internet, o estudo empírico utiliza a etnografia virtual (Hine, 2000; Markham, 2004) como metodologia e a observação participante como técnica, tendo como recorte o grupo de discussão online do portal LostBrasil. São investigadas práticas de consumo como o download de episódios, as legendas feitas pelos fãs, a crítica e a especulação, tendo como teoria norteadora os trabalhos de Henry Jenkins (1992, 2006a), Matt Hills (2002) e Will Brooker (2004, 2008), entre outros. Secundariamente, também procura identificar os esforços da produção da série que visam manter os fãs sempre envolvidos com ela e a importância das narrativas transmídias, conforme Jenkins (2006a), neste contexto. Entre os resultados, foi visto que a relação do fã com as informações caracterizadas como spoilers é fundamental para a experiência de assistir ao seriado, que a prática do download de episódios torna-se requisito para acompanhar e participar de maneira atualizada das discussões no portal e que a troca de mensagens entre os fãs é marcada especialmente pela ocorrência da interpretação, da crítica e da especulação.
This research seeks to describe and analyze the current consumption and participation practices of Lost TV show fans. Since their interactions occur on the internet, the empiric study uses virtual ethnography (Hine, 2000; Markham, 2004) as methodology and participative observation as technique, taking as sample the LostBrasil online discussion group. It investigates consuming practices such as episodes download, fan-made subtitles, critics and speculation, taking the works of Henry Jenkins (1992, 2006a), Matt Hills (2002) and Will Brooker (2004, 2008), among others, as the theoretical main line. Secondarily, it also seeks to identify the show’s production efforts that try to keep the fans involved with it and the importance of transmedia storytelling, according to Jenkins (2006a), in this context. Among the results, it was seen that the fan’s relation to information characterized as spoiler is essencial to the experience of watching the series, that episodes downloading becomes required to participate and keep up with the discussion board threads and that the message exchange between fans is specially marked by the occurrence of interpretation, criticism and speculation.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2152
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000411901-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo3,14 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.