Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/2167
Tipo: masterThesis
Título: Comunicação e complexidade: a cultura organizacional da Embrapa Trigo
Autor(es): Buriol, Silvana
Orientador: Ramos, Roberto José
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Data de Publicação: 2012
Palavras-chave: COMUNICAÇÃO SOCIAL
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL
COMPLEXIDADE
CULTURA ORGANIZACIONAL
Resumo: No presente trabalho, estudaremos a Cultura Organizacional e os seus diálogos com a Comunicação Interna da Embrapa Trigo. Buscaremos, em especial, compreender como a Comunicação Interna é influenciada pela Cultura Organizacional e vice-versa. Para tal, analisaremos três veículos de Comunicação Interna da empresa, três edições do jornal mensal Folha da Embrapa, três edições da revista eletrônica semanal, Todos. com e três edições do informativo interno semanal, Pão Quentinho, no período compreendido entre o primeiro semestre de dois mil e dez e o primeiro semestre de dois mil e onze. O método escolhido para ancorar esta dissertação será o Paradigma da Complexidade, de Morin. A Semiologia, de Barthes, será nossa técnica de pesquisa e nos acompanhará neste plantio. Para fundamentarmos a nossa reflexão, elegemos as categorias Organização, de Morgan, Comunicação Organizacional, de Marchiori, com sua subcategoria Comunicação Interna, de Curvello, Cultura Organizacional, de Fleury e Fischer, e Socioleto, de Barthes. Elegemos, ainda, as categorias a posteriori: Cor, de Farina, Marca, de Semprini, Poder, de Barthes, Discurso Bem-dito, de Roman, Família de Atkinson e Murray, Narcisismo, de Freitas, Fotografia com suas subcategorias Studium e Punctum, de Barthes e Fait Divers de Causalidade, de Barthes.Durante nosso semear, observaremos que as diversidades existentes na Embrapa, não são excludentes, mas sim reforçadoras de sua Cultura Organizacional. Compreenderemos a Comunicação Organizacional como o elemento que estabelece a ligação entre a Organização e a Cultura. Perceberemos a ideia do todo e das partes, de Morin. As partes, informativos internos, revelarão o todo, a Embrapa Trigo. Salientamos que, refletiremos sobre a temática como uma das possibilidades de interpretação e verdade, tendo em vista que não há certezas absolutas no ambiente das Organizações, caracterizado pela Complexidade.
In this paper we will study the Organizational Culture and its dialogues with the Internal Communications of the Embrapa Trigo. We will seek in particular to understand how Internal Communication is influenced by Organizational Culture and vice versa. To this end, we analyze three Internal Communication vehicles of the company, three editions of the monthly newspaper Folha Embrapa, three editions of the weekly electronic magazine,” Todos. com” and three editions of the weekly internal newsletter, “Pão Quentinho” in the period between the first half of the year of 2010 and the first half of 2011. The method chosen to anchor this dissertation is the Paradigm of Complexity, of Morin. The Semiology, of Barthes, our technique will research and monitor this planting. To support our analysis, we chose the categories Organization, of Morgan, Organizational Communication, of Marchiori, with its subcategory Internal Communication of Curvello, Organizational Culture of Fleury and Fischer, sociolect of Barthes. We choose also a posteriori categories: Color, of Farina, Mark, of Semprini, Power, of Barthes, Speech Well-said, of Roman, Family of Murray and Atkinson, Narcissism, of Freitas, Photography with their subcategories Studium and Punctum of Barthes and Fait Divers of Causation, Barthes.During our seed, we observe that the differences existing at Embrapa, are not exclusive, but reinforcing their Organizational Culture. Understand Organizational Communication as the element that establishes the connection between the Organization and Culture. Realize the idea of the whole and parts of Morin. The parties, internal communications reveal the whole, the Embrapa Trigo. We emphasize that we will reflect on the issue as one of the possibilities of interpretation and truth, keeping in mind that there is no absolute certainty in the environment of Organizations, characterized by Complexity.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2167
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000437600-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,68 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.