Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/2256
Type: doctoralThesis
Title: A comunicação visual dos Beatles como sedução no imaginário social e cultural
Author(s): Bertoldi, Maria Tereza Jorgens
Advisor: Rahde, Maria Beatriz Furtado
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Issue Date: 2009
Keywords: COMUNICAÇÃO VISUAL - ASPECTOS SOCIAIS
COMUNICAÇÃO SOCIAL
BEATLES, THE - CRITICA E INTERPRETAÇÃO
IMAGEM
COMUNICAÇÃO E IMAGINÁRIO
MODERNIDADE
PÓS-MODERNIDADE
Abstract: This thesis analizes the Beatles visual communication as a seduction in the social and cultural imaginary, based on the iconographic material that is part of the visual registration on the groups gathered so far. It is through it that you show how the public image of a band that surged in the decade of 1960,in the XX century, whose history is imbricated with the origins and the evolution of rock and roll ,was able to revolutionize the cultural history and the imaginary of a generation, as well as contradict the society of that time in its different aspects:the use of drugs, long hair, irreverent gestures, sexual freedom, the liberty of thought, of acts, and of what to wear. The surging of the Beatles occurs in a moment of transition between modernity and post-modernity, also called contemporaneousness, when its permanence as a seduction in the social and cultural imaginary happens as a myth; it is the way chosen to structure this qualitative ,descriptive and hermeneutic research, that comes effective by means of the methodogical referencial of John Thompson's Hermenêutica de Profundidade (1995).
Esta tese analisa a comunicação visual dos Beatles como sedução no imaginário social e cultural, tomando como base o material iconográfico que compõe parte do registro visual já reunido até hoje sobre o conjunto. É através dele que se mostra como a imagem pública de uma banda surgida na década de 1960 do século XX, cuja história está imbricada com as origens e a evolução do rock and roll, foi capaz de revolucionar a indústria cultural e o imaginário de uma geração, bem como contradizer a sociedade da época nos seus diferentes aspectos: uso de drogas, cabelos compridos, gestos irreverentes, liberdade sexual, liberdade de pensamento, liberdade no agir, liberdade no vestir. O surgimento dos Beatles ocorre num momento de transição entre a modernidade e a pós-modernidade, também denominada contemporaneidade, quando sua permanência, como sedução no imaginário social e cultural se dá na forma de mito; é o caminho percorrido para estruturar esta pesquisa qualitativa, descritiva e interpretativa, que se leva a efeito através do referencial metodológico da Hermenêutica de Profundidade de John B. Thompson (1995).
URI: http://hdl.handle.net/10923/2256
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000412887-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo10,28 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.