Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/2740
Registro Completo de Metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSantos, Bettina Steren dosen_US
dc.contributor.authorGerber, Anabel Priebe de Souzaen_US
dc.date.accessioned2013-08-07T18:50:02Z-
dc.date.available2013-08-07T18:50:02Z-
dc.date.issued2007pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10923/2740-
dc.description.abstractO presente estudo procura investigar a possibilidade de desenvolvimento de tecnologias de si através da atividade artística, na perspectiva de uma estética da existência, visando o bem-estar na docência. Procurou-se verificar como a atividade artística elaborada por docentes se direciona na dimensão do cuidado de si, mediante a constituição de um estilo de vida capaz de promover o desenvolvimento e manutenção do bem-estar pessoal. Inicialmente fizemos um breve estudo sobre o mal-estar na civilização e as relações possíveis com o mal-estar docente, a fim de abordarmos o bem-estar na docência, usando como recurso a atividade artística. Usamos nesse estudo a metodologia qualitativa, mediante estudo bibliográfico e narrativas de vida, tendo como referência o método de Análise de Conteúdo, descrito por Bardin. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com 5 professoras da rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul, pertencentes a diversas áreas de conhecimento e diferentes instituições de ensino. A atividade artística é tomada aqui dentro do principio de que ela é capaz de promover o encontro consigo mesmo através da abertura de horizontes, como afirma Gadamer.pt_BR
dc.description.abstractThis paper tries to investigate artistic activity as a way to develop technologies of the self in perspective with an aesthetic of the existence focusing teaching welfare. We tried to verify how artistic activity developed by teachers helps to constitute self-care and a life-style capable to promote and support welfare. Initially, we proceed to make a short study on the malaise in civilization and its possible connections with teaching malaise as well, in order to approach teaching welfare. We assume artistic activity here as a coping strategy. This study makes use of qualitative methodology through bibliographic research and life narratives, according with the Content Analysis Method as described by Bardin. Half-structured interviews have been made with 5 teachers from the public school system in Rio Grande do Sul, who were issues from diverse fields of knowledge and institutions. Artistic activity is taken here by the principle that it is capable to promote one individual encounter with him/herself, opening broad new perspectives, as pointed out by Gadamer.en_US
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.subjectEDUCAÇÃOpt_BR
dc.subjectPROFESSORES - ATUAÇÃO PROFISSIONALpt_BR
dc.subjectBEM-ESTAR PESSOALpt_BR
dc.subjectARTE - ENSINOpt_BR
dc.subjectPROFESSORES - ASPECTOS PSICOLÓGICOSpt_BR
dc.titleO bem-estar na docência: o cuidado em si através da artept_BR
dc.typemasterThesispt_BR
dc.degree.grantorPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Educaçãopt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.degree.levelMestradopt_BR
dc.degree.date2007pt_BR
dc.publisher.placePorto Alegrept_BR
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000403744-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo3,51 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.