Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/2764
Tipo: doctoralThesis
Título: (Des) (Re) construir o conhecimento pela pesquisa: um comprometimento do ensino superior na formação de professores da educação básica
Autor(es): Leal, Alzira Elaine Melo
Orientador: Engers, Maria Emilia Amaral
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Data de Publicação: 2008
Palavras-chave: EDUCAÇÃO
PROFESSORES - FORMAÇÃO PROFISSIONAL
PESQUISA EDUCACIONAL
Resumo: Emergente de reuniões reflexivas sobre a prática docente universitária, surgiu o tema desta tese sobre a (Des) (Re) Construção do Conhecimento pela Pesquisa na Formação de Professores da Educação Básica. Destas reflexões nasceu o seguinte questionamento: Ensinar ou Construir? Como os profissionais da educação universitária, que atuam em Cursos de Formação de Professores na Universidade da Região da Campanha, Campus de São Gabriel, pensam e articulam a prática à teoria na formação do sujeito com competência pessoal, profissional e social? Definido o objetivo - analisar os princípios norteadores da prática pedagógica dos docentes que atuam em cursos de formação de professores na URCAMP - Campus de São Gabriel, e sua articulação com o processo de (des) (re) construção do conhecimento pela pesquisa, tiveram início às ações. Basilarmente, fundamentam este estudo, Demo (2000), no que tange à questão educar pela pesquisa, Dewey (1959), Schön (2000) e Alarcão (2003), quanto ao papel do docente que atua em cursos de Formação de Professores para (re) construir um ensino reflexivo e uma Instituição reflexiva. Como trabalho resultante de uma investigação com algumas características de pesquisa-ação, inicialmente fez-se uma sondagem, através de entrevista semi-estruturada, aplicada em oito docentes dos cursos de Formação de Professores do Ensino da IES, que, de imediato foi interpretada, com a aplicação da técnica análise de conteúdo proposta por Engers (1987). Constatou-se a necessidade de (des) (re) construir não só a proposta pedagógica dos cursos de Formação de Professores do Campus como o papel da Universidade para o desenvolvimento de uma educação de qualidade voltada para a formação da cidadania, cuja meta é corroborada pelos pilares do ENSINO-PESQUISA-EXTENSÃO.Em fins de fevereiro de 2006, o Centro de Ciências da Educação, após debates e discussões quanto à estruturação das matrizes curriculares, organizou-as em eixos temáticos, articulando-os em diversas dimensões, conforme o disposto no art. 11 da RESOLUÇÃO CNE/CP 1, de 18 de fevereiro de 2002. Ficou estabelecido que, nas práticas curriculares, as atividades passariam a ser desenvolvidas através de projetos de pesquisa, tendo como parâmetro os problemas detectados na prática. Cada professor elaborou um projeto temático; estes, em reuniões por curso, foram analisados, ajustados, interligados e apresentados aos acadêmicos, no mês de março, para uma última avaliação. A proposta foi recebida com grande interesse e entusiasmo; aprovado o Plano de Ação, um professor, por semestre de cada curso, ficou responsável pela distribuição e acompanhamento das tarefas, e posterior elaboração do relatório (professor-articulador). Foram, também, discutidos os critérios de avaliação, como dar continuidade à execução apesar das limitações, controlar o conjunto do processo e avaliar os resultados. Das análises efetuadas, constatei no docente a necessidade de uma ruptura no seu agir pedagógico, passando de uma pedagogia marcadamente conteudista e eminentemente teórica para uma perspectiva reconstrutivista que aponte para uma epistemologia da prática. Os resultados do estudo revelaram, ainda, em categorias aspectos indispensáveis ao processo do educar pela pesquisa: a interdisciplinaridade, a flexibilização no manejo dos conteúdos, a autonomia na (re) construção do conhecimento, interesse dos participantes no processo educativo, e o eixo temático como ponto aglutinador do conhecimento.A trajetória da pesquisa-ação desenvolvida evidenciou uma transformação no modo de pensar de professores e alunos e uma prática inovadora revelada pelo envolvimento destes na articulação reflexão/pesquisa/ação/formação.
Emerging from reflexive meetings about universitary teaching practice, it came forth the theme of this thesis about the (Dis) (Re) Construction of Knowledge by Research in the Teachers Formation for Basic Education. From these reflections it was originated the following question: To teach or To construct? How do the professionals of universitary education, who actuate un Courses of Teachers Fomation in the Universidade da Região da Campanha, Campus de São Gabriel, think and articulate from practice to theory in the formation of the subject with personal, professional and social competence? Defined the objective – to analyse the guide principles of pedagogic practice of the professors who actuate in the teachers in the URCAMP - Campus de São Gabriel, and their articulation with the process of (dis) (re) construction of knowledge by research, the actions began. Basilarly, this study was founded by Demo (2000), as to the issue to educate by research Dewey (1959), Schön (2000) and Alarcão (2003), as the role of the professor who actuates in the Teachers Formation Courses to (dis) (re) construct a reflexive teaching and an Institution. As work resulting from an investigation, with some characteristics of action research, initially made up a survey, through a semi-structured interview applied in eight professors of Professors Formation Courses from IES, wich was at once interpreted, with the application of technical analyse of contents proposed by Engers (1987). It was found out the necessity of checking not only the pedagogic proposal of the teachers formation in the Campus but also he role of the University for the development of a education of quality turned to the formation of citizenship, whose aim is corroborated by the pillars of THEACHING-RESEARCH-EXTENSION.In the end of February 2006, the Center of Sciences of Education, after debates and discussions as to the construction of curricular matrixes, organized them in thematic axes, articulating in several dimensions, according to what was disposed in the art. 11 of Resolution CNE/CP 1, on 18 February 2006. It was established that, in curricular practices, the activities should be developed through research projects, having as parameter the problems detected in the practice. Each professor elaborated a thematic project; those, in meeting by course, were analysed, adjusted, interconnected and presented to the academics in March, for a last evaluation. The proposal was received with great interest and enthusiasm; it was approved the Action Plan, a professor, by semester of each course, was responsible for the distribution and accompaniment of the tasks, and posterior elaboration of the report (professor-articulator). It was also discussed the evaluation criterion, as to give continuity to execution despite the limitation, to control the whole process and to evaluate the results. From the achieved analyses, we verified that the professor has the necessity for a rupture of his pedagogical proceeding, going from a pedagogy strongly characterized by contents and eminently theoric to a reconstructive perspective that points out to a epistemology of practice. The results of the study revealed, still, in categories indispensable aspects to the process of educating by research: the interdiscipline, flexibility to handle the contents, autonomy in the (Re) construction of knowledge, interest from the participants in the educative process, and the thematic axis as the aglutinant point to knowledge.The trajectory of the developed researchaction evinced a transformation in the way of thinking of professors and students and an innovative practice revealed by the involvement of them in the articulation reflection/ research/action/formation.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2764
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000400251-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,82 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.