Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/2875
Tipo: masterThesis
Título: Pedagogia social: discursos e práticas : um estudo da AMMEP (SL/RS)
Autor(es): Vieira, Cristiane Ramos
Orientador: Bastos, Maria Helena Câmara
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Fecha de Publicación: 2007
Palabras clave: EDUCAÇÃO
SOCIOLOGIA EDUCACIONAL
PEDAGOGIA
ORGANIZAÇÕES NÃO-GOVERNAMENTAIS
EDUCAÇÃO INFORMAL
Resumen: The present study is within the Brazilian study of Fundaments, Politics and Practice of Education, in the Social Pedagogy field, focusing the socio-educative work developed in non Governmental Organizations, specifically in the principles that have been followed in socio-educative intervention practices that are identified and characterized as Social Pedagogy. The adopted research methodology is an empirical study case that investigates the actual phenomenon in reality context. The data was collect from analysis of documents, interviews, personal depositions, spontaneous observations, participated observations and the analysis of activities planning books. The analyzed interviews and the experiences inside the institution were a base to the intended goals, just as much as experiencing new ways of production and other knowledge production strategies. In addition to these, the focus over the Associação Meninos e Meninas de Progresso, located in São Leopoldo/RS analyses some practices and because they are characterized as Social Pedagogy, The analysis is structured on theorical works from Fermoso and Petrus, in search of principles of socio educational actions/interventions. At first, we try to present the socio historical context of the Social Pedagogy, subjectivities of the non formal education and the established relations with popular education. We analyze some Third Sector concepts in Latin America, specifically the Brazilian one. Then we focus on the study of the institution where this work was done, since its organizational structure to the work done in the socio educational area. At the same time, the discussion is never-ending, it does not impose a new logic or a new way of making education outside the school, no matter the concept that it carries. I believe that we can think about the AMMEP matters in a contextualized way under two aspects: first, from the social point of view, there is, the necessity of a social administration, the rebuild of its aspects, meaning the elaboration of projects until the public knowledge of the books, mainly on the institution entries. In another aspect, the formation of the individuals that make part of the work group must be revised in the sense of filling some blanks in the understanding of what is Social Pedagogy and what practices are being postulated from it.
O estudo se insere na linha de pesquisa de Fundamentos, Políticas e Práticas da Educação Brasileira, dentro do campo da Pedagogia Social, focalizando o trabalho sócio-educativo desenvolvido em Organizações não Governamentais, mais especificamente nos princípios que têm norteado certas práticas de intervenção sócio-educativas de modo que se identifiquem e caracterizem como Pedagogia Social. A metodologia adotada na pesquisa é o estudo de caso que investiga um fenômeno atual dentro de seu contexto de realidade. Os dados foram obtidos mediante a análise de documentos, entrevistas, depoimentos pessoais, observação espontânea, observação participante e análise de cadernos de planejamento e atividades. A análise das entrevistas e as vivências proporcionadas na instituição serviram de base para as aproximações pretendidas, bem como, para experimentar novas formas de produção de sentido e de outras estratégias de produção de conhecimento. Diante disso, o olhar sobre a Associação Meninos e Meninas de Progresso, localizada no município de São Leopoldo/RS, analisa algumas práticas e porque estas são caracterizadas como Pedagogia Social. A análise apóia-se em pressupostos teóricos de Fermoso e Petrus, buscando os princípios norteadores das ações/intervenções sócio-educativas. Inicialmente, procura-se apresentar o contexto sócio-histórico da Pedagogia Social, subjetividades da educação não formal e as relações que se estabelecem com a educação popular. Analisam-se alguns conceitos do Terceiro Setor, das organizações latino-americanas e, especificamente, as brasileiras, bem como destaca-se a importância e função dos Projetos Sociais e as representações acerca dos movimentos sociais no Brasil. A seguir propõe-se o estudo da instituição pesquisada, desde sua estrutura organizacional até as práticas que utiliza no trabalho sócio-educativo.A reflexão que se pretende é de como o conceito de Pedagogia Social se operacionaliza no cotidiano da instituição, no universo dos sujeitos que se apropriam dele, bem como a fragilidade das metodologias postuladas dentro de algumas organizações sociais que, em essência, não se diferem em nada daquelas que pretendem ser exorcizadas pelos movimentos sociais; ONG’s e instituições que propõem uma nova forma de socialização dos saberes. Ao mesmo tempo, a discussão não se esgota, não postula uma nova lógica ou uma nova forma de se fazer educação num espaço fora da escola, independente do conceito que essa carregue. Acredita-se que possamos pensar, nas questões da AMMEP, de forma contextualizada sob dois aspectos: o primeiro, do ponto de vista da gestão social, ou seja, da necessidade de uma reestruturação dos processos de administração, desde a elaboração de projetos até prestação de contas e, principalmente, no que se relaciona aos registros da instituição. No outro aspecto, a formação dos sujeitos que constituem o grupo de trabalho deve ser repensada, ressignificada, no sentido de dar conta de algumas lacunas no entendimento do que é a Pedagogia Social e quais práticas estão sendo postuladas a partir dela.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2875
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000390317-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo463,55 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.