Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/2879
Tipo: masterThesis
Título: Famílias especiais: resiliência e deficiência mental
Autor(es): Silva, Adriana Nunes da
Orientador: Santos, Bettina Steren dos
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Data de Publicação: 2007
Palavras-chave: EDUCAÇÃO ESPECIAL
PESSOAS COM DEFICIÊNCIA MENTAL
RESILIÊNCIA (TRAÇO DE PERSONALIDADE)
EXCEPCIONAIS - EDUCAÇÃO - ASPECTOS SOCIAIS
Resumo: The present work aimed the to investigate the resilience in families with members with mental deficiency. The theoretical referential argues the concepts of resilience, the conceptions of contemporany families and the modifications that the presence of carrying members of mental deficiency can provoke. The research questions inquire on the strategies used for the families in the confrontation of the difficulties and the paper of the special educator in this process. The method used in the research is the study of case of the qualitative type and was carried through with three families whose children are carrying of mental deficiency, in distinct partner-economic situations. The data had been collected from domiciliary visits, by means of half-structuralized interview, confectioned on the basis of the process-key of Froma Walsh (1998/2005). The data had been submitted to a discursive literal analysis in three categories: systems of beliefs, standards of organization and processes of communication. The results point with respect to the following characteristics that function as main processes of resilience for the searched families: capacity to abstract sensible positive of the adversity and capacity of contextualize the events stressors. The results also designate for the responsibility of the professionals whom they deal with these families, to believe the potential of each one of them for the resilience, as well as demanding public politics for the creation of nets of efficient support for a worthy attendance of quality and that these people deserve.
O presente trabalho teve como finalidade investigar a resiliência em famílias com membros portadores de deficiência mental. O referencial teórico discute os conceitos de resiliência, as concepções de família na atualidade e as modificações que a presença de membros portadores de deficiência mental pode acarretar às mesmas. As questões de pesquisa indagam sobre as estratégias utilizadas pelas famílias no enfrentamento das dificuldades e o papel do educador especial nesse processo. O método utilizado na pesquisa é o estudo de caso do tipo qualitativo e foi realizada com três famílias cujos filhos são portadores de deficiência mental, em situações sócio-econômicas distintas. Os dados foram coletados a partir de visitas domiciliares, por meio de entrevista semi-estruturada, confeccionada com base nos processos-chave de Froma Walsh (1998/2005). Os dados foram submetidos a uma análise textual discursiva em três categorias: sistemas de crenças, padrões de organização e processos de comunicação. Os resultados apontam para as seguintes características que funcionam como principais processos de resiliência para as famílias pesquisadas: capacidade de abstrair sentido positivo da adversidade e capacidade de contextualizar os eventos estressores. Os resultados também assinalam para a responsabilidade dos profissionais que lidam com essas famílias, de acreditar no potencial de cada uma delas para a resiliência, bem como exigir políticas públicas para a criação de redes de apoio eficazes para um atendimento de qualidade e digno que essas pessoas merecem.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2879
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000399726-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo407,5 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.