Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/3116
Tipo: masterThesis
Título: Motivos que levam jovens a recusar drogas: subsídios a propostas de prevenção à drogatização na escola, com ênfase na saúde cerebral
Autor(es): Flores, Mariel Hidalgo
Orientador: Borges, Regina Maria Rabello
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática
Fecha de Publicación: 2004
Palabras clave: EDUCAÇÃO
ADOLESCENTES
DROGAS - PREVENÇÃO
SAÚDE MENTAL
DROGAS - ESCOLAS
Resumen: This dissertation was done to investigate the complex drug abuse problem among high school students in the city of Porto Alegre/RS. Different from what is usually studied, this research was done to understand the reality of teenagers who do not use drugs, to identify the reasons why they refuse drugs. For better comprehension of the subject, research was done on the legal aspects of drugs, the function of the nervous system, psychoactive substances and their organic effects, and also the main models on drug abuse prevention, trying to make a commitment to health and education, especially at brain level. The information collected from students, in statements and interviews, were analyzed in terms of quality, and served as a basis for planning some interdisciplinary activities to promote prevention on drug abuse in the school “Colégio Estadual Julio de Castilhos”.With these activities, a process of awareness on the conditions for a life of better quality and mental health takes place. Youngsters with mental vigor, may have higher reflexive potential and better critical ability to promote changes in the social context in which they are, contributing towards the development and progress of the country. This research may serve as an aid for the construction of a drug prevention program in high schools, and also, in training teachers, in a process of continued education, giving emphasis to the reality of the world of drugs during adolescence.
Esta dissertação investigou a complexa problemática das drogas entre os estudantes de uma escola de nível médio na cidade de Porto Alegre/RS. Ao contrário do que se focaliza comumente, busquei nessa pesquisa conhecer a realidade dos adolescentes não usuários de drogas, na expectativa de identificar os motivos que levam esses jovens a recusá-las. Assim, para melhor compreensão dessa temática, pesquisei os aspectos legais sobre drogas, a funcionalidade do sistema nervoso, as substâncias psicoativas e seus efeitos orgânicos e, ainda, os principais modelos de prevenção ao uso de drogas, buscando engajar educação e saúde, principalmente no nível cerebral. As informações coletadas junto aos alunos, em depoimentos e entrevistas, foram analisadas qualitativamente, servindo de base para planejar algumas atividades interdisciplinares para prevenção ao uso de drogas, no Colégio Estadual Júlio de Castilhos .Com essas atividades, será promovido um processo de conscientização quanto às condições para uma vida com maior qualidade e saúde cerebral. O jovem com vigor mental poderá desenvolver um potencial reflexivo mais elevado, bem como melhor capacidade crítica para promover modificações no contexto social em que se encontra inserido, contribuindo para o crescimento e progresso do país. Portanto, esta pesquisa poderá servir como subsídio para a construção de uma proposta de prevenção às drogas em escolas de ensino médio, e também para trabalhar com a capacitação de professores, num processo de educação continuada, ressaltando a realidade do mundo das drogas na adolescência.
URI: http://hdl.handle.net/10923/3116
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000320750-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo819,78 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.