Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/3456
Type: masterThesis
Title: A função do Estado em Hobbes
Author(s): Breier, Volmir Miki
Advisor: Souza, Draiton Gonzaga de
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Filosofia
Issue Date: 2008
Keywords: FILOSOFIA INGLESA
FILOSOFIA POLÍTICA
HOBBES, THOMAS - CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO
ESTADO (POLÍTICA)
Abstract: Para Thomas Hobbes, a única função do Estado é manter a paz entre os cidadãos. Cada homem, ao querer possuir o que entende ser necessário para si mesmo, pode entrar em conflito com outro que poderá querer a mesma coisa. Se não houver quem regule, quem organize a convivência humana, o que impera é a lei do mais forte, ou mais astuto. Sempre haverá alguém que poderá colocar em risco minha sobrevivência se eu não tiver como me proteger. O Estado surge como necessidade de construção da paz. Abrimos mão de nossas capacidades de autoconservação, de autodefesa e as delegamos ao Estado, constituído através de um contrato, para que cuide de nossa segurança, para que possamos viver civilizadamente, para que não vivamos em eterna guerra de todos contra todos. O Estado hobbesiano é soberano. Depois de constituído, de formalizado, tem poderes ilimitados de organizar a sociedade como melhor lhe aprouver. Sem Estado não há civilização, não há cidadania, não há paz.
URI: http://hdl.handle.net/10923/3456
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000402094-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo297,49 kBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.