Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/3529
Tipo: doctoralThesis
Título: O sacerdote e a cidade
Autor(es): Barbalho, José de Oliveira
Orientador: De Boni, Luis Alberto
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Filosofia
Data de Publicação: 2008
Palavras-chave: FILOSOFIA MEDIEVAL
MARSÍLIO, DE PÁDUA - CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO
SACERDÓCIO
Resumo: We chose as the object of our study in this doctoral thesis the relationship between the sacerdotium and the regnum in the Defensor Pacis, with the specific purpose to understand the place of the priest in Marsilius’ political society (civitas). We will see that this issue leads us to a better understanding of the political theory of the paduan. Questions such as "What is Christian priesthood?","What is the real Christian civitas?" and "What is the relationship between them?" involves the discovery of the fact that in this life, there is only one power, the State. When the spiritual becomes a source of one more power in the political community, it generates the factionalism or the civil war. We will also see that the limitations of his theory on the relationship between the priest and the city do not put wealth of its political thought on the shadow, in the sense that this leads us to think differently about the political community. We used as the principal source the Defensor Pacis. On the second plan, to clarify some doubts, we have used the Defensor Minor. Among the studies on Marsilius, we selected those which are most directly related to the subject of our investigation. Achieving this work, we believe that it can be one more modest contribution to the study of the political thought of Marsilius of Padua in Brazil.
Escolhemos como objeto de nosso estudo, nesta tese de doutoramento, a relação entre o sacerdotium e o regnum no Defensor da Paz, com o propósito específico de conhecermos o lugar do sacerdote na civitas marsiliana. Veremos que esse tema leva-nos a melhor compreensão da teoria política do paduano. Questões como "O que é o sacerdócio cristão?", "Em que consiste, verdadeiramente, a civitas cristã?" e "Qual a relação entre ambos?" implicam a descoberta do fato de que, na vida presente, só há um poder, o do Estado. Quando o espiritual se torna uma fonte a mais de poder, na comunidade política, gera-se o facciosismo ou a guerra civil. Veremos também que as limitações da sua teoria a respeito da relação entre o sacerdote e a cidade não colocam à sombra a riqueza de seu pensamento político, no sentido de que este nos impulsiona a pensar diferentemente a comunidade política. Utilizamos como fonte principal o Defensor da Paz. Em segundo plano, para esclarecer algumas dúvidas, recorremos ao Defensor Menor. Dentre os estudos sobre Marsílio, selecionamos aqueles que mais diretamente estão relacionados com o objeto de nossa investigação. Ao fazermos este trabalho, acreditamos que ele possa ser mais uma modesta contribuição ao estudo do pensamento político de Marsílio de Pádua, no Brasil.
URI: http://hdl.handle.net/10923/3529
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000405241-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,57 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.