Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/3535
Type: doctoralThesis
Title: Através da compreensão da historicidade para uma historicidade da compreensão como apropriação da tradição
Author(s): Schuck, Rogério José
Advisor: Stein, Ernildo Jacob
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Filosofia
Issue Date: 2007
Keywords: FILOSOFIA
FILOSOFIA ALEMÃ
HERMENÊUTICA
TRADIÇÃO
Abstract: A presente tese pretende oferecer uma contribuição para a compreensão das discussões da Hermenêutica filosófica, sobretudo do pensamento de Hans-Georg Gadamer. O texto inicia com a abordagem da tradição moderna de construção do conhecimento, mais especificamente com a Teoria do Conhecimento, para, na seqüência, abrir a discussão em torno da verdade em outro sentido, como um acontecer no qual já sempre estamos imersos na e pela tradição. Através da compreensão da historicidade, somos levados a perceber limites internos à pretensão moderna na construção do conhecimento. Possibilita-se, assim, fazer uma crítica a tal perspectiva, uma vez que não consegue dar conta de suas pretensões, abrindo espaço para discutirmos a questão do conhecimento por outras vias, de modo especial vinculado à arte, história e linguagem, temas centrais em Verdade e Método. Desse modo, o texto caminha na direção de uma historicidade da compreensão como apropriação da tradição, demonstrando, desde a origem do conceito compreender, que Heidegger e Gadamer podem ser considerados herdeiros legítimos da tradição que vem de Schleiermacher, Dilthey e Droysen. Assim sendo, a apropriação da tradição nos permite perceber que estamos diante da descoberta da tradição como acontecer, que está além do enunciativo.
The present thesis aims at contributing to the understanding of the philosophical Hermeneutics discussions, overall on Hans-Georg Gadamer's thought. The study starts with the modern tradition view of the construction of knowledge, more specifically with the Theory of Knowledge, opening later the discussion about the truth in another perspective, as an occurrence in which we have already been immerged in and through the tradition. Through the comprehension of the historicity, we are led to perceive internal limits to the modern pretension in the knowledge construction. Thus, this favors a critic to this perspective, once it is not able to respond to its presumptions, opening other possibilities to the discussion about knowledge, specially related to arts, history, language, central themes in Truth and Method. So, the study leads to the comprehension of the historicity as appropriation of the tradition, demonstrating, since the origin of the concept comprehension, that Heidegger and Gadamer can be considered the legal inheritors of the tradition that comes from Schleiermacher, Dilthey and Droysen. Thus, the appropriation of the tradition allows us to perceive that we are before the uncovering of the tradition as happening, that lies beyond the enunciation.
URI: http://hdl.handle.net/10923/3535
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000397345-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,02 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.