Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/3588
Tipo: doctoralThesis
Título: Tomada de decisão na atenção ao paciente muito idoso hospitalizado
Autor(es): Machado, José Mário Tupiná
Orientador: Goldim, José Roberto
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Fecha de Publicación: 2006
Palabras clave: MEDICINA
GERONTOLOGIA
IDOSOS
RELAÇÕES MÉDICO-PACIENTE
ENVELHECIMENTO
HOSPITALIZAÇÃO
TOMADA DE DECISÕES
Resumen: Introduction: The bigger the proportion of old persons in the world, the more the number of hospitalized very old patients increases. The peculiarities of this population group have not been totally recognized and valued by the doctors, in general, yet. Fitting the diagnostic and therapeutic aggressiveness degree to the scale of values of these patients pondering risks, benefits and discomfort demands coherent criteria and represents a great challenge to doctors. In order to make an adequate decision on the procedures to which they will be submitted, one must motivate and value these patients’ involvement and not allow that the doctor’s technical knowledge alone determines what must or must not be done during their stay at the hospital. The research was performed at the Cajuru University-Hospital of the Pontifícia Universidade Católica do Paraná, in Curitiba, where the number of admissions of very old patients has been increasing considerably in the last few years. Objectives: 1. Identify the registration patterns about the cognitive level of hospitalized very old patients; 2. Identify the decision making patterns utilized at adoption of diagnostic and therapeutic procedures, in the hospitalized very old patients assistance. 3. Verify the importance of the hospitalized very old patients participation in the process of decision making, under the doctors’ perspective, under the very old in-patients’ perspective, under the graduate students’ perspective, and under the perspective of other elderlies. Methodo: Qualitative and quantitative research, involving survey of case history and chart entries as well as interviews with patients of both sexes, at 85 and over, admitted at Cajuru University Hospital; doctors working at this hospital; graduate students of the Pontifícia Universidade do Paraná, and users at 60 and over, belonging to the Parkinsonism Bearers Association in the State of Paraná (Associação de Portadores de Parkinsonismo do Paraná). Conclusion: 1. Seldom were the hospitalized very old patients’ cognitive level or capacity for decision making, evaluated, registered, valued and respected; 2. Apart from the cognitive capacity of the hospitalized very old patients, the decision on the performance (execution) of diagnostic and therapeutic procedures was made according to the doctors’ opinion; 3. All the groups interviewed agreed with the participation of the hospitalized very old, once cognitively well, on the decision making concerning the execution of diagnostic exams and therapeutic procedures; 4. It is urgent and necessary to spread information about the aging process, old age, biological age and autonomy of hospitalized very old patients.
Introdução: À medida que aumenta a proporção de idosos no mundo, é crescente o número de pacientes muito idosos, sob regime de internação hospitalar. As peculiaridades deste grupo populacional ainda não são totalmente reconhecidas e valorizadas pelos médicos, em geral. Adequar o grau de agressividade diagnóstica e terapêutica à escala de valores destes pacientes, ponderando riscos, benefícios e desconfortos, exige critérios coerentes e representa um grande desafio para os médicos. Para que a tomada de decisão sobre os procedimentos aos quais estes pacientes submeterão seja adequada, deve-se motivar e valorizar o envolvimento deles e não permitir que o conhecimento técnico do médico, isoladamente, determine o que deve ou não ser feito durante sua permanência no hospital. O trabalho foi realizado no Hospital Universitário Cajuru da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, em Curitiba, onde o número de internamento de pacientes com idade avançada vem aumentando nos últimos anos. Objetivos: 1. Identificar os modelos de registro sobre o nível cognitivo dos pacientes muito idosos hospitalizados; 2. Identificar o modelo da tomada de decisão utilizado por ocasião da adoção de procedimentos diagnósticos e terapêuticos, na atenção aos pacientes muito idosos hospitalizados; 3. Verificar a importância da participação dos pacientes muito idosos hospitalizados no processo de tomada de decisão, na perspectiva dos médicos, dos pacientes muitos idosos hospitalizados, de estudantes universitários e outros idosos.Método: Pesquisa qualitativa e quantitativa envolvendo levantamento de prontuários hospitalares e entrevistas com pacientes de ambos os sexos, com idade igual e superior a 85 anos, internados no Hospital Universitário Cajuru; médicos atuantes neste hospital; estudantes universitários da Pontifícia Universidade do Paraná e usuários com idade igual ou superior a 60 anos, da Associação de Portadores de Parkinsonismo do Paraná. Conclusão: 1. Raramente o estado cognitivo ou a capacidade de tomada de decisão por parte dos pacientes muito idosos hospitalizados foram avaliados, registradas, valorizadas e respeitadas; 2. Independente da capacidade cognitiva dos pacientes muito idosos internados, a decisão sobre a execução de procedimentos diagnósticos e terapêuticos foi tomada de acordo com opinião médica; 3. Todos os grupos entrevistados concordaram com a participação dos pacientes muitos idosos hospitalizados, cognitivamente bem, na tomada de decisão sobre a execução de exames diagnósticos e procedimentos terapêuticos. 4. Faz-se necessário difundir informações sobre o processo de envelhecimento, velhice, idade biológica e autonomia dos pacientes muito idosos hospitalizados.
URI: http://hdl.handle.net/10923/3588
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000389825-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo515,9 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.