Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/3617
Tipo: masterThesis
Título: Efeitos neuroprotetores cutâneos de um extrato vegetal após radiação ultravioleta
Autor(es): Fonseca, Betania Longaray
Orientador: Bauer, Moisés Evandro
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Fecha de Publicación: 2010
Palabras clave: MEDICINA
GERONTOLOGIA BIOMÉDICA
DERMATOLOGIA
PELE
ENVELHECIMENTO
RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA
Resumen: Photoageing, characterized by continuous sunlight exposure, is responsible for 90% of changes in skin. Sunscreens just decrease the erythema and sunburn, not decreasing the effects of chronic exposure to UV radiation. Therefore, several works have been looking for new actives that decrease the effects of UV radiation chronic exposure. Objectives: The present work evaluates the neuroprotective effects of a new skin care formulation containing a plant extract against UV radiation exposure. Results: UVA and UVB reduced significantly (40-60%) the density of nerve endings in the control samples and treated with placebo. The samples treated with new skin care completely blocked the effects of UV irradiation on the nerve endings (p<0. 001). These neuroprotective effects were similarly observed regardless of age or tissue analysed (breast vs. abdomen). Conclusions: New skin care formulation has important neuroprotective effects against UV irradiation and shall be used together with SPF to prevent photodamage. Searches on new neuroprotective actives are important, due to, as previously as demonstrated in this work, the sunscreens not protect nerve fibers density decrease.
O fotoenvelhecimento, caracterizado pela exposição à luz solar repetidas vezes, é responsável por 90% das mudanças que ocorrem na pele. Os filtros solares são desenvolvidos somente para diminuir o eritema e a queimadura solar, não diminuindo os efeitos crônicos da radiação solar. A busca por novos princípios ativos que diminuam os efeitos crônicos da radiação tem se tornado alvo de inúmeras pesquisas. Objetivos: O objetivo do presente trabalho é desenvolver uma formulação contendo novo ativo de origem vegetal e analisar seu efeito neuroprotetor após exposição à radiação UVA e UVB. Resultados: As radiações UVA e UVB reduziram significativamente a densidade das terminações nervosas (40-60%) na pele das amostras controle e tratadas com placebo. As amostras tratadas com a formulação contendo novo ativo reduziu significativamente os efeitos da radiação UV sobre as terminações nervosas (p< 0. 0001), independente da idade e tecido (mama ou abdômen). Conclusão:. A formulação que desenvolvemos tem um importante efeito neuroprotetor na pele exposta a radiação UV podendo ser utilizada com filtros solares para reduzir os danos causados pela radiação UV. É de suma importância a pesquisa de novos ativos neuroprotetores que bloqueiem o efeito da radiação UV nas terminações nervosas da pele, pois, como demonstrado neste estudo os filtros solares, por si só, não diminuem a destruição das terminações nervosas livres
URI: http://hdl.handle.net/10923/3617
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000426541-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial758,35 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.