Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/3667
Registro Completo de Metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorVieira, José Luís da Costaen_US
dc.contributor.authorHorn, Carla Carvalhoen_US
dc.date.accessioned2013-08-07T18:57:02Z-
dc.date.available2013-08-07T18:57:02Z-
dc.date.issued2006pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10923/3667-
dc.description.abstractIntrodução: quando acometido por doença articular degenerativa, como a artrose incapacitante, o idoso vai, pouco a pouco, perdendo suas capacidades funcionais e sofrendo limitações, o que acarreta perda da qualidade de vida. A artroplastia é uma opção de tratamento que visa desenvolver a qualidade de vida. Objetivo: esta pesquisa teve como objetivo caracterizar o impacto da artroplastia total de quadril sobre a qualidade de vida em pacientes idosos portadores de artrose de quadril incapacitante. Pacientes: participaram da pesquisa idosos acima de 65 anos de idade, que realizaram a cirurgia de artroplastia total de quadril por artrose incapacitante no município de Passo Fundo – RS, no período de setembro de 2005 a janeiro de 2006, sendo excluídos do estudo os idosos que realizaram esta cirurgia por qualquer outro fator. Método: para a realização deste trabalho foi utilizado como instrumento de medida a Versão Brasileira do questionário genérico de qualidade de vida SF-36. Este questionário foi aplicado no paciente no período pré-operatório e reaplicado após 60 a 70 dias de pós-operatório, sendo então comparados os resultados obtidos. Resultados: no período pré-artroplastia observou-se menor média nos componentes capacidade funcional, aspectos físicos e dor. Já no período pós – artroplastia, as médias desses componentes apresentaram um aumento, em relação ao mesmo componente do período pré–operatório, sendo esta diferença estatisticamente significativa na comparação pré e pós-artroplastia (p≤0,001). Comparando os resultados obtidos observa-se que com exceção do componente estado geral de saúde, todos os outros componentes apresentaram médias maiores no período pós-artroplastia.Conclusão: apesar da artroplastia total de quadril ser uma cirurgia de grande porte, e, assim, oferecer riscos, contribui para a melhora da qualidade de vida do idoso acometido por doença articular degenerativa incapacitante.pt_BR
dc.description.abstracten_US
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.subjectGERONTOLOGIApt_BR
dc.subjectARTROPLASTIApt_BR
dc.titleImpacto da artroplastia total de quadril sobre a qualidade de vida em idosos portadores de artrose incapacitantept_BR
dc.typemasterThesispt_BR
dc.degree.grantorPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentInst. de Geriatria e Gerontologiapt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédicapt_BR
dc.degree.levelMestradopt_BR
dc.degree.date2006pt_BR
dc.publisher.placePorto Alegrept_BR
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000385317-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial49,77 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.