Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/3684
Type: masterThesis
Title: Câncer de mama: imagem corporal e envelhecimento feminino
Author(s): Uez, Maria Elisa
Advisor: Frasson, Antonio
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Issue Date: 2006
Keywords: MEDICINA
NEOPLASIAS DA MAMA
IMAGEM CORPORAL
ENVELHECIMENTO
PSICOLOGIA DA MULHER
Abstract: O objetivo do presente estudo foi identificar a problemática vivida em relação a imagem corporal de mulheres idosas que realizaram mastectomia radical modificada sem reconstrução, como tratamento cirúrgico para o câncer de mama. Foi realizado estudo qualitativo, transversal e descritivo, com 11 mulheres de idade igual ou superior a 60 anos, desenvolvido no período de outubro de 2005 a maio de 2006, junto ao Centro de Mama do Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, Brasil. Os dados foram obtidos através de entrevista semi-estruturada, com dados sóciodemográficos e clínicos e três questões norteadoras: (1) como foi a descoberta e o tratamento do câncer de mama? (2) como você percebe e sente seu corpo depois da cirurgia, em relação ao que percebia e sentia a antes da cirurgia? (3) como avalia seu próprio envelhecimento? Os resultados apontam para 4 categorias que são: (1) A Descoberta do Câncer de Mama; (2) Relação com os Serviços de Saúde e Profissionais Médicos no Tratamento do Câncer de Mama; (3) Perda da Mama (Subcategorias: Olhando e Sentindo o Próprio Corpo, O Corpo Desejado e O Olhar dos Outros Sobre Meu Corpo) e (4) Percepções do Próprio Envelhecimento. A descoberta da doença se mostrou um marco para a construção de uma nova identidade feminina e história de vida para as idosas. A desinformação quanto à doença e o medo ao tratamento, fazem com que protelem a busca por diagnóstico e tratamento adequado. Em relação à imagem corporal após a perda da mama, as idosas apresentaram sentimentos de inferioridade, sensação de abandono e dificuldades em lidar com situações que envolvam exposição do próprio corpo. O próprio envelhecimento foi percebido como algo natural da vida, mas gerador de limitações e doenças.Conclui-se que a perda da mama produz alterações abruptas na imagem corporal de mulheres idosas que realizam mastectomia radical modificada sem reconstrução.
The objective of the present research was to analyze the problematic one lived in relation on the body image of elderly women who were submitted to radical modified mastectomy without reconstruction, as surgical treatment for breast cancer. Qualitative, transversal and descriptive studies were carried out, with 11 women of equal age or over 60 years, taken place in the period of October 2005 to May 2006, at the Breast Ward of São Lucas Hospital of Pontificia Universidade Católica of Rio Grande Do Sul, in Porto Alegre, Brazil. The data was acquired through semi-structuralized interviews, with socio-demographic data and three decisive questions: (1) how was the treatment of breast cancer discovered? (2) how do you perceive and feel your body after the surgery, in regards to how you perceived and felt it before the surgery? (3) how do you evaluate your aging? The results point to 4 categories these are: (1) the Discovery of Breast Cancer; (2) Interaction with the Medical and Public Health Services in the Treatment; (3) Breast Loss (Subcategories: Looking at and Feeling the Body, the Desired Body and Other People Looking at My Body) and (4) Perceptions of Aging. The discovery of the illness became a mark for the construction of a new feminine identity and life story for the elderly. Lack of information and fear in regards to the illness, postpone the search for diagnosis and adequate treatment. In relation to the corporal image after the loss of the breast, the elderly presented feelings of inferiority, of abandonment and difficulties in dealing with situations that involve exposing their bodies. Aging was perceived as something natural of life, but a generator of limitations and illnesses.It’s concluded that the loss of the breast produces alterations abrupt to the corporal image of elderly women who underwent radical modified mastectomy without reconstruction.
URI: http://hdl.handle.net/10923/3684
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000385299-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo683,58 kBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.