Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/373
Tipo: masterThesis
Título: Alterações dimensionais produzidas nas vias aéreas superiores após expansão rápida da maxila: avaliação por tomografia computadorizada cone beam
Autor(es): Moreira, Alexandra Mônego
Orientador: Menezes, Luciane Macedo de
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Data de Publicação: 2009
Palavras-chave: ODONTOLOGIA
ORTODONTIA
ORTOPEDIA FACIAL
TÉCNICA DE EXPANSÃO PALATINA
TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA
APARELHOS ORTODÔNTICOS
Resumo: Este estudo teve como objetivo avaliar e comparar, através de tomografia computadorizada cone beam (TCCB), os efeitos imediatos da expansão rápida da maxila sobre as dimensões das vias aéreas superiores (cavidade nasal, nasofaringe e orofaringe) em indivíduos tratados com aparelhos expansores tipo Haas e tipo Hyrax. A amostra foi constituída de 31 pacientes com atresia maxilar, sendo o Grupo 1 (Haas) composto por 16 indivíduos (11 meninas e 5 meninos) e o Grupo 2 (Hyrax), por 15 indivíduos (9 meninas e 6 meninos), ambos os grupos com idades cronológica e esquelética semelhantes. A ativação do parafuso expansor, em todos os aparelhos, foi de 8 mm. Os exames tomográficos foram realizados em dois momentos: antes da expansão rápida da maxila (T1) e imediatamente após (T2). Os resultados foram avaliados estatisticamente pelo teste t de Student para amostras pareadas e pela análise de variância com medidas repetidas. Os efeitos do tratamento manifestaram-se por aumentos verticais e transversos da cavidade nasal, sendo os maiores ganhos observados na porção anterior-inferior, e por aumentos sagitais do espaço nasofaríngeo, assim como sua área de secção transversa. Não foram observadas mudanças significativas nas dimensões da orofaringe. Ambos os aparelhos avaliados foram capazes de proporcionar, de forma significativa, alterações nas dimensões das vias aéreas, entretanto o expansor tipo Hyrax exerceu maiores efeitos transversos sobre a cavidade nasal e maiores efeitos sagitais sobre a nasofaringe.
The purpose of this study was to evaluate and compare, through cone beam computed tomography (CBCT), the immediate effects of the rapid maxillary expansion on the airway dimensions (nasal cavity, nasopharynx and oropharynx) in individuals treated with tooth tissue-borne (Haas-type) and tooth-borne (Hyrax-type) expanders. The sample consisted of 31 patients with transverse maxillary deficiency, being the group 1 (Haas) composed by 16 subjects (11 girls and 5 boys) and the group 2 (Hyrax) by 15 individuals (9 girls and 6 boys), both with similar chronological and skeletal ages. The expansion screw was activated until reaching 8 mm in both groups. Tomographic exams were taken in two moments: before maxillary expansion (T1) and immediately after that (T2). The results were evaluated statistically by Student test t for paired samples and by analysis of variance with repeated measures. The effects of the treatment showed vertical and transverse increase of the nasal cavity, being the largest increases observed in its anterior e posterior portion, sagittal increase of the nasopharynx space, as well as in its cross-sectional area. No significant changes were observed in the dimensions of the oropharynx. Both appliances were capable to provide alterations in the airway, however the Hyrax-type expander demonstrated larger transverse effects on nasal cavity and larger sagittal effects on the nasopharynx.
URI: http://hdl.handle.net/10923/373
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000422265-0.pdfTexto Completo2,22 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.