Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/3733
Tipo: masterThesis
Título: Avaliação psicológica pré e pós-cirúrgica em pacientes mastectomizadas submetidas a procedimento reconstrutivo de mama
Autor(es): Lufiego, Claudia Adriana Facco
Orientador: Frasson, Antonio
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Data de Publicação: 2012
Palavras-chave: MEDICINA
GERONTOLOGIA
GERIATRIA
IDOSOS
ENVELHECIMENTO
NEOPLASIAS DA MAMA
MAMOPLASTIA
DEPRESSÃO
ANSIEDADE
AUTO-ESTIMA
MASTECTOMIA - ASPECTOS PSICOLÓGICOS
Resumo: Introdução : O câncer de mama é uma doença que merece atenção dos órgãos de saúde pública pela alta incidência, representando uma das maiores causas de morte entre as mulheres. As pesquisas tem evidenciado que as mulheres diagnosticadas experimentam algum grau de perturbação emocional, como: tristeza, ansiedade, culpa, raiva e medo. Mas os transtornos psiquiátricos mais frequentes são a depressão e a ansiedade. Esses sentimentos acometem tanto as mulheres quanto suas famílias.Objetivo : avaliar os sentimentos despertados em mulheres mastectomizadas submetidas à reconstrução mamária, quanto a presença de sintomas depressivos, ansiedade, desesperança e autoestima.Método : estudo longitudinal, observacional e descritivo, com seguimento de pacientes. Avaliação das características psicológicas de 30 mulheres mastectomizadas submetidas a procedimento cirúrgico de reconstrução mamária, atendidas em um hospital universitário. Foram avaliados os sintomas depressivos, ansiedade, desesperança e autoestima das pacientes através da aplicação dos seguintes instrumentos: BDI; BAI; BHS e Escala de Autoestima de Rosenberg UNIFESP – EPM, respectivamente.Resultado : constatou-se que o nível de depressão, ansiedade e desesperança diminuíram após o procedimento de reconstrução mamária. O Teste dos Postos com sinal de Wilcoxon para comparação dos resultados entre a 1ª e 2ª avaliações, indicou que 80% da amostra diminuiu os escores de depressão e 20% aumentaram os escores, sendo o valor de p = 0,000 com diferença significativa ao nível de 1%. Quanto a ansiedade,83,3% das mulheres diminuíram os escores de ansiedade; 13,3% aumentaram seus níveis e 3,3% permaneceu com o mesmo escore nas duas avaliações, sendo o valor de p = 0,001, diferença significativa ao nível de 1%. O BHS mostrou que 64,3% da amostra diminuiu os escores de desesperança; 17,9% aumentaram e 17,9% permaneceu com o mesmo escore nas duas avaliações, sendo o valor de p = 0,008 ( diferença significativa ao nível de 1%). Observou-se que 73,3% das mulheres elevaram seus níveis de autoestima; 16,7% estavam com a autoestima menos elevada e 10% não tiveram mudanças na autoestima. O teste t de Student, para amostras pareadas para comparação das médias dos escores nas duas avaliações, indicou uma média = 10,60 e um DP=5,18na primeira avaliação e uma média =8,20 e um DP=4,35 na segunda avaliação, logo, o valor de p=0,000 evidenciando diferença significativa entre as médias ao nível de 1%.Conclusão : O Câncer de Mama traz repercussões psicológicas para a paciente e sua família, sendo a depressão e a ansiedade os transtornos mais prevalentes. De acordo com os resultados observa-se uma diminuição dos sintomas depressivos, da ansiedade, desesperança e uma autoestima mais elevada após a reconstrução mamária. A cirurgia de reconstrução mamária tem um impacto positivo na qualidade de vida das pacientes mastectomizadas.
Introduction : Breast cancer is a disease that by its high incidence deserves more attention of public health organizations. It represents one of the highest death reasons among women. Researches substantiate that diagnosed women experience some degree of emotional perturbation like: sadness, anxiety, guilt anger and fear. But the most common psychiatric perturbations are depression and anxiety. These feelings assail both women and their families.Objective : To rate the feelings awaken in women who have undergone mastectomy procedures submitted to mammary reconstruction, as for the presence of depressive symptoms, anxiety, hopelessness and self-esteem.Method : longitudinal, observational and descriptive study, with patient follow-up. Evaluation of psychological characteristics of 30 women who have undergone mastectomy procedures submitted to mammary reconstruction attended in university hospitals. Patients’ depressive symptoms, anxiety, hopelessness and self-esteem were evaluated through the application of the following instruments: BDI; BAI; BHS and Rosenberg Self-esteem Scale UNIFESP – EPM, respectively.Result : It has been certified that depression, anxiety and hopelessness levels decreased after mammary reconstruction procedures. Wilcoxon signaled posts test for results’ comparisons between the first and second evaluations indicated that 80% of the sample decreased depression scores and 20% increased their scores, being the value of p = 0. 000 with the significant difference at the level of 1%. As for anxiety, 83. 3% of women decreased their scores on anxiety; 13. 3% increased their levels and 3. 3% kept the same score on both evaluations, being the value of p = 0. 001, significant difference at the level of 1%. BHS showed that 64. 3% of the sample decreased the scores of hopelessness: 17. 9% decreased it and 17. 9% kept the same score on both evaluations, being the value of p = 0. 008 (significant difference at the level of 1%). It was observed that 73. 3% of women increased their levels of self-esteem; 16. 7% had self-esteem lower and 10% didn’t suffer change. Student t test, for paired samples for score average comparison on both evaluations indicate an average = 10. 60 and a DP=5. 18 in the first evaluation and an average = 8. 20 and a DP=4. 35 in the second evaluation, therefore, the value of p=0. 000 substantiating significant difference between the averages at the level of 1%.Conclusion : Breast cancer brings psychological repercussions for patients and their families, being depression and anxiety the most prevalent disturbances. According to results a reduction is noticed on depressive symptoms, anxiety, hopelessness and a higher self-esteem after mammary reconstruction. Mammary reconstruction surgery has a positive impact in the life quality of patients who have undergone mastectomy surgeries.
URI: http://hdl.handle.net/10923/3733
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000445391-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,92 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.