Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/386
Type: masterThesis
Title: Retração de caninos superiores com dois tipos de elásticos em cadeia
Author(s): Giollo, Luciano Dias
Advisor: Lima, Eduardo Martinelli Santayana de
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Issue Date: 2007
Keywords: ODONTOLOGIA
MALOCLUSÃO
ORTODONTIA
RETRAÇÃO (ODONTOLOGIA)
MATERIAIS DENTÁRIOS
Abstract: O objetivo deste estudo foi avaliar o fechamento dos espaços na retração dos caninos permanentes superiores com dois tipos de elástico em cadeia distintos (elásticos em cadeia “Memory” e “Convencional”) determinando: a diferença média do movimento dentário e a perda de ancoragem dos primeiros molares permanentes superiores. A amostra constituiu-se de 15 pacientes portadores de maloclusão de Classe II divisão 1 de Angle, com média de idade de 17anos e 5 meses, sendo 4 do gênero masculino e 11 do feminino, e todos foram submetidos à extração de dois primeiros pré-molares superiores. A retração dos caninos superiores foi realizada com elástico em cadeia “Convencional”, na hemiarcada direita, e com elástico em cadeia tipo “Memory”, na esquerda, com força de 150 g. A distalização dos caninos foi avaliada a cada 3 semanas até esta ter sido completada ou num período máximo de 3 reavaliações. Em cada uma destas consultas, foi obtido modelo de gesso a partir de moldagens com alginato. A avaliação da quantidade média do fechamento dos espaços a cada 3 semanas foi feita em 4 locais diferentes (3 entre canino e pré-molar e 1 entre canino e molar) e a perda de ancoragem medida entre o primeiro molar permanente e o ponto mais medial da terceira ruga palatina nos modelos de gesso. Os resultados demonstraram maior movimentação com elásticos “Memory”, em uma das medidas de fechamento de espaços. Além disso, essa tendência limitou-se às três primeiras semanas de tratamento, perdendo a validade ao longo do período de retração de caninos superiores permanentes. Ocorreu perda de ancoragem para ambos os elásticos, no entanto, sem diferença estatística entre eles.
The aim of this study was to evaluate the speed of space closure in canine retraction submitted to two distinct types of elastomeric chains (Memory chain and Standard chain) and to determine: mean quantity of movement of upper canine retraction and the loss of anchorage involved. The sample consisted of 15 patients with Angle 1st division Class II malocclusion, with a mean age of 17, 5 years of 4 boys and 11 girls. All of them were submitted to first premolar extractions. Upper canine retraction was achieved with Standard elastomeric chains in the upper right quadrant and with Memory elastomeric chains in the upper left quadrant providing a starting force of 150 g. Canine retraction was assessed in a three week reactivation protocol, until canine retraction was completed or up to a maximum of 3 reactivations. At each recall, stone model casts were taken. The evaluation of the mean amount of space closure was accomplished in 4 different places (3 between canine-premolar and 1 between caninemolar) and anchorage loss measured between first permanent molar and medial point of third palatal rugae in stone model casts. Results showed a statistical difference towards Memory chain, at one measure point and between the first and second activations. Anchorage loss occurred in both specified retraction methods, however there was not significant difference between them.
URI: http://hdl.handle.net/10923/386
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000400719-0.pdfTexto Completo3,74 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.