Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/3978
Tipo: masterThesis
Título: "Si soy misionero es porque canto, bailo y toco música": para uma história social da música na Provincia Paracuaria (1609-1768)
Autor(es): Pereira, Daniela Ribeiro
Orientador: Kern, Arno Alvarez
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em História
Fecha de Publicación: 2011
Palabras clave: MÚSICA - HISTÓRIA E CRÍTICA
MÚSICA - ASPECTOS SOCIAIS
JESUÍTAS - MISSÕES
ASCENSÃO SOCIAL
Resumen: A presente dissertação procura sistematizar uma investigação que aborde a história social da música nas Missões Jesuíticas do Rio da Prata entre 1609 e 1768. Foram considerados aspectos de como se desenvolveu a prática musical nas missões meridionais; o papel social da música no projeto missioneiro; questões a respeito da normatização do tempo e da educação musical; e uma progressiva ascensão social dos músicos, discutindo inferências acerca do ofício artístico como forma de reconhecimento no espaço missional. Para tanto, analisou-se a consolidação político-administrativa e estrutural dos Trinta Povos como potencializadora para a diferenciação de grupos sociais naquele espaço, e a dinâmica da prática musical como catalisadora de valores e interesses para a manutenção dos povos nativos em redução. Constatou-se assim, que as incidências em documentos e na historiografia de que se tornar músico possuía um caráter de status podem se confirmar numa pesquisa de vulto, e que o ineditismo do tema pode abrir espaço para a exploração de um novo objeto de estudo.
This present dissertation looks forward to a systematic research that addresses the social history of music in Jesuit Missions from Rio da Prata between 1609 and 1768. We considered aspects of how musical practice has developed in the southern missions; the social role of music in the missionary project; questions about the standardization of time and music education; and a progressive social ascent of musicians, discussing inferences about the craft arts as way to recognition in missionary space. Therefore, it was intended to analyze the political, administrative and structural consolidation of the ―Trinta Povos‖ as an empowering element for the differentiation of social groups in that space, and the dynamics of the musical practice as catalyst of values and interests to maintain the native people in the reductions. For this matter, it was found that the incidences in documents and in the historiography that becoming a musician has a status character can be confirmed in a consistent research and the uniqueness of the subject can make room for the exploration of a new object of study.
URI: http://hdl.handle.net/10923/3978
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000433429-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,65 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.