Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/4067
Tipo: doctoralThesis
Título: O espaço dos miseráveis no teatro brasileiro nas décadas de 1950 e 1960
Autor(es): Oliveira, Marina de
Orientador: Assis Brasil, Luiz Antonio de
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Letras
Data de Publicação: 2010
Palavras-chave: TEATRO BRASILEIRO - SÉCULO XX - HISTÓRIA E CRÍTICA
TEORIA LITERÁRIA
POBREZA (LITERATURA)
Resumo: O foco da tese consiste na análise do protagonismo dos miseráveis na dramaturgia brasileira das décadas de 1950 e 1960, seus conflitos de classe e suas relações com distintos espaços de significação social. Para tal objetivo, a pesquisa estrutura-se a partir da identificação de três vertentes espaciais de representação: a primeira delas – composta por Auto da Compadecida, Morte e vida severina e Vereda da salvação – abarca as figuras dramáticas carentes que habitam pequenas vilas ou territórios do universo campestre (eixo rural); a segunda – Orfeu da Conceição, Pedro Mico e Gimba – refere-se a personagens desprovidas de recursos que moram na periferia das cidades (eixo da favela); e a terceira – Quarto de empregada, A invasão e O abajur lilás – retrata a situação de indivíduos que, em busca de sustento, trabalham em subempregos ou exercem atividades degradantes nos centros urbanos (eixo da cidade). Acrescenta-se, ainda, que apesar de utilizar a contribuição de vários pensadores, o estudo vale-se, essencialmente, das teorias de dois antropólogos brasileiros: Darcy Ribeiro e Roberto DaMatta.
The focus of the thesis is the analysis of the role of the miserable characters of the Brazilian drama of the 1950’s and 1960’s, its class conflicts and its relations with different spaces of social significance. For this purpose, the research is structured from the identification of three spatial aspects of staging: the first – Auto da Compadecida, Morte e vida severina e Vereda da salvação – covers the poor dramatic figures who inhabit small villages or territories of the countryside universe (rural axis); the second – Orfeu da Conceição, Pedro Mico e Gimba – refers to destitute characters who live on the outskirts of the cities (slum axis); and the third – Quarto de empregada, A invasão e O abajur lilás – portrays the situation of individuals who, in search for sustenance, are underemployed or engaged in degrading activities in the urban centers (city axis). It also adds that, although using the contribution of various thinkers, the study essentially makes use of the theories of two Brazilian anthropologists: Darcy Ribeiro and Roberto DaMatta.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4067
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000422272-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo3,9 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.